Um pouco sobre mim...

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...

5 de ago de 2009

O oligoelemento Iodo

O Iodo é um mineral necessário em quantidades muito pequenas (oligoelemento) , armazenado na glândula tireóide.

O iodo é absorvido no trato intestinal e transportado através da corrente sanguínea para a glândula tireóide, onde é armazenado e utilizado no momento de produzir hormônios.

Benefícios de Iodo

* É muito importante para que haja um bom funcionamento da tiróide ou uma boa produção do hormônio tiroxina e triiodotironina tetrayodotironina e para prevenir o bócio (crescimento anormal da glândula tireóide).

* Estimula o bom funcionamento do nosso metabolismo a desempenhar adequadamente uma multiplicidade de funções essenciais para o nosso crescimento e ao bom funcionamento do nosso sistema nervoso.
* Participa no metabolismo dos carboidratos e da síntese do colesterol.
* Regula o nível de energia e um bom funcionamento das células.
* Favorece ao corpo meios de queimar o excesso de gordura.
* Atua nas unhas, cabelos e dentes.
* Em seu uso externo, é usado para limpar e desinfetar feridas.

As fontes naturais de iodo:

Sal iodado, sal marinho não refinado, peixe, marisco, alho, cebola, cogumelos, rabanetes e algas marinhas são especialmente alimentos ricos em iodo.

Muitos alimentos lácteos são ricos em iodo, porque é um aditivo que é adicionado como um anti-séptico.
Existem alimentos que, dependendo do excesso de consumo diário, podem, em alguns casos, dificultar a absorção de iodo, tais como: feijão, couves, nabos, mostarda, nozes, mandioca e couve, entre outros.

Possíveis sintomas de deficiência do Iodo no organismo:

Bócio, hipotireoidismo, pele e cabelos secos, tendência a sentir sempre frio, obesidade, constipação, cretinismo (infância com doença física e mental).


Autor: Josep Vicent Arnau
Naturopata e acupunturista
Artigos Enbuenasmanos

Copiado e traduzido do site: http://www.enbuenasmanos.com

Nenhum comentário: