Um pouco sobre mim...

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...

24 de jul de 2009

Terapia Ortomolecular = Oligoelementos – Sabendo um pouco mais sobre cada um deles

Falta de energia, depressão, estresse e ansiedade, doença cardíaca, digestiva, sexual ...

A carência de oligoelementos é prejudicial para a nossa saúde.

Esta terapia tem como proposta restabelecer o equilíbrio entre os constituintes orgânicos e os elementos essenciais, mas em doses muito pequena.

Estes minerais que complementam a nutrição, devolvem à estrutura corporal energia e vitalidade.

Além disso, trabalham para eliminar as toxinas prejudiciais ao organismo e fortalecem o mecanismo de defesa contra possíveis doenças.

A Oligoterapia propõe corrigir eventuais deficiências e equilibrar os desequilíbrios que causam diversas doenças.

Estes são os oligoelementos (minerais), que esta terapia utiliza:

Enxofre: Colabora para manter a saúde do fígado, vias biliares e membranas mucosas. Muito importante para a pele e processos digestivos.

Cobalto: afeta o sistema nervoso, no movimento, ansiedade ... também utilizado para corrigir doenças digestivas.

Cobre: Ação antiviral, anti-inflamatória e antineurítica. Protetor da mucosa gástrica, influência positiva no metabolismo, bem como armazenamento e manutenção de ferro para prevenir anemia e reumatismo . É também o oligoelemento necessário para atenuar os problemas do sistema reprodutivo.

Cromo: serve para equilibrar os desequilíbrios associados com a diabetes, obesidade e arteriosclerose. Também é incorporado no tratamento para aliviar a doença coronária e o envelhecimento.

Fósforo: deve ser introduzido onde existir desequilíbrios próprios da asma e bronquite e também aqueles que produzem fadiga e exaustão. Muito útil para o bom funcionamento da glândula tireóide e resistência óssea e visão.

Germânio: artrite e reumatismo pode ser causado por uma deficiência deste oligoelemento.

Lítio: compensa os problemas dermatológicos. Além disso, atua com bastante impacto sobre o psiquismo do paciente, sendo utilizado em estados de hiperatividade, insônia, irritabilidade, agressividade ... É essencial na regulação do sistema nervoso e nos processos neurais.

Magnésio: utilizado nos problemas musculares e no tratamento de problemas reumáticos.
É usado contra a constipação e para promover a cicatrização.

Níquel: Utilizado para diminuir a anemia, infecções e atenuar a doença para recuperação a longo prazo. Auxilia no bom funcionamento do pâncreas.

Potássio: trata osteo-artrite e obesidade, retenção de líquidos, cansaço ...

Selénio: Possui propriedades antioxidantes, ou seja, tem a capacidade de prevenir envelhecimento. Também é útil no tratamento do fígado, coração e os órgãos reprodutores. A dor muscular ocorre quando há esta deficiência.

Silício: necessário durante a gravidez e a lactação. É útil para absorver cálcio, construir novas células e nutrir os tecidos.

Iodo: o cabelo, pele e unhas ruins advém de uma deficiência de iodo.

Zinco: necessário para compensar os desequilíbrios hormonais e para impedir a queda de cabelo e a acne.

Podemos não saber, mas os oligoelementos são minerais que se encontram no organismo em quantidades muito pequenas, mas que são essenciais para que este possa realizar quase todos os processos químicos que promovem a saúde.

Se você reside de qualquer cidade grande, certamente já disse ou ouviu falar que a vida agitada é que leva a pessoa a não se nutrir adequadamente, e que, uma vez que existem CARÊNCIAS, torna-se susceptível a uma infinidade de doenças.

Pensando em reverter esse déficit nutricional irá compensar a má alimentação com produtos naturais, mas isso será suficiente?

As frutas, verduras, legumes, cereais e legumes que você consome estão sujeitas aos agrotóxicos da terra onde são cultivadas ou recebem tal quantidade de produtos químicos que são colhidas sem ter os componentes que as necessidades humanas precisam...

Alguns investigadores da área de nutrição concluíram que nestas lacunas reside a origem de muitas doenças (que têm aumentado em nossa sociedade civilizada).

Finalmente, se acrescentarmos a isso que muitos dos alimentos que comemos todos os dias são submetidos a processos de refinação que removem quantidades significativas de nutrientes, concluiremos que a dieta diária não é suficiente para suprir as necessidades do corpo.

Uma importante opção para a questão demonstrada acima acima, é a oligoterapia, uma terapia natural que se baseia na administração de oligoelementos via derme, a fim de restabelecer o bom funcionamento do organismo.

O tipo de oligoterapia que eu faço está associada com a Radiestesia (ciência que permite captar ondas eletromagnéticas, de qualquer ser vivo, com o auxílio de um instrumento chamado pêndulo).

Portanto é feita exclusivamente para você podendo ser efetuada in loco ou à distância (via internet).
O valor dessa Análise (Pesquisa Radiestesica) + elaboração dos Questionários + envio de Relatório de Carências é de R$44,00 para depósito antecipado ou R$47,50 através do PagSeguro


Faça a Análise de suas carências minerais e revigore-se!!!
Essa análise pode ser presencial ou por e-mail 


Pesquisa: Através do seu nome + data de nascimento , ou sua foto, entro em ressonância com a sua energia(radiestesia), identificando quais carências minerais que o seu corpo acusa.
Ao mesmo tempo em que realizo essa pesquisa radiestésica, lhe envio um Questionário de sintomas para que você assinalar os seus. Após receber esse questionário respondido, lhe envio um relatório explicando quais as carências encontradas e como suprí-las através da alimentação.

Envio também o valor do tratamento em si, que é individualizado e composto das seguintes variáveis:
quantidade de minerais necessários +  o valor do envio pelo correio

e, assim, após o teu OK e posterior depósito do valor, mando manipular o gel com os minerais necessários para você e lhe envio pelo correio.

A aplicação é muito simples:

Aplicar no antebraço um pouco do gel (tamanho de um botão), uma vez ao dia (se for um só gel) ou duas vezes (no caso de 2 géis).

O tratamento é diário e dura aproximadamente 4 meses.
Essa forma de prescrever não possui efeitos colaterais nem contra-indicações.

A Oligoterapia é portanto, a administração de minerais que, embora em pequenas quantidades no corpo humano, são essenciais para o corpo em muitos processos bioquímicos, tais como:

* A comunicação na rede do sistema nervoso.
* Redução das reações alérgicas.
* Eliminação de resíduos.
* Otimização do funcionamento hormonal.
* Reforço das defesas do organismo contra a infecção (sistema imunológico).
* Renovação de tecidos.
* Transformação dos alimentos em energia.

No entanto, quando os níveis desses minerais no corpo são menores do que o normal, pode levar a distúrbios como câimbras, tremores, nervosismo, perda de apetite, má coordenação e arritmias (alterações do ritmo cardíaco), entre muitos outros.

Como funciona?

A fundamentação teórica baseia-se em fornecer o tratamento de acordo com a análise do cliente, de forma individualizada, classificando-o nas diferentes diáteses (tendências) que é uma predisposição para determinados problemas de saúde de acordo com a sua hereditariedade e seu comportamento para o desenvolvimento físico ou psicológico.

Assim, há os seguintes tipos:

Alérgica ou hiper-reativa:
Sistemas de regulação do corpo muito solicitado, ou seja, pessoas que possuem o nível de energia cada vez maior a medida que o dia avança e atinge o seu pico energético quando é de noite.
Tendo problemas para dormir (muito tarde) e acordar (não consegue acordar cedo).
As indisposições mais freqüentes são: enxaqueca, problemas digestivos, alergias, urticária, asma, rinite e problemas hepáticos.
O oligoelemento Manganês tende a corrigir os desequilíbrios dessas pessoas e, combinado com Enxofre promove a melhoria da região hepática (fígado e vesícula biliar).


Hipostênica ou hipo-reativa:
É caracterizada por pouca reação a estímulos e se manifesta com uma depressão do sistema imunológico, sendo propenso à infecção especialmente nas formas respiratórias
e dos processos reumáticos com deformação progressiva, mas não muito doloroso.
A associação dos oligoelementos cobre e manganês melhoram esses sintomas.


Distônica:
Sistemas trabalham sem pausa, levando a exaustão, é caracterizada por desequilíbrios no nível nervoso e problemas relacionados com a diminuição progressiva de vitalidade.
Normalmente são aparentes após 40 anos de idade e, muitas vezes, coincide com a menopausa, o tratamento dessa diátese leva a associação de cobalto com manganês.

Anérgica:
É uma evolução da diátese hipostênica com grande diminuição vital, tendência para a depressão do sistema imunológico e envelhecimento precoce.
Paciente com hipersensibilidade ao frio e apresentando otites (infecção orelha), angina purulenta, reumatismo e dores articulares agudas, dores de cabeça.
A suplementação com ouro, prata e cobre melhoram o quadro.



Vale a pena reiterar que a Oligoterapia usa doses muito pequenas de elementos minerais para ativar diversos processos metabólicos, assim pode tratar e corrigir distúrbios funcionais, antes que se estabeleça em lesões orgânicas, também pode ser utilizado como um suplemento nutricional preventivo.

Fonte: Health & Medicine

Nenhum comentário: