Um pouco sobre mim...

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...

2 de jan de 2010

Acupuntura sem agulha usa os mesmos metódos de estimulação da acupuntura tradicional

Quem não faz acupuntura porque tem traumas de agulhas, fique de olho nas novas técnicas de acupuntura sem agulhas, que usa outros métodos de estimulação.

De acordo com especilaistas Acupuntura sem agulhas significa usar os mesmos pontos da técnica milenar.

A técnica faz parte da medicina tradicional chinesa praticada há milhares de anos e consiste no estímulo de determinados pontos (meridianos) a fim de equilibrar as energias do corpo e mantê-lo saudável.

Segundo a tutora do Portal Educação Caroline Ueno, uma alternativa eficiente para quem tem pavor a agulhas é a moxobustão, apesar de sabermos que na acupuntura este procedimento não dói, mas se existir alguma outra contraindicação ou mesmo resistência do paciente a alternativa é não deixar de realizar os procedimentos desta terapia tão benéfica ao organismo.

Atualmente já existem vários metodos que são ultilizados na acupuntura sem agulhas, um dos mais modernos é o laser de baixa potência, que também pode fazer as vezes das agulhas.

Nesse caso, o estímulo ocorre por meio da absorção da radiação luminosa pelas células da pele no ponto que está sendo tratado.

Source: www.portalmedicinaalternativa.com.br

Além dos métodos citados acima, existe também o Stiper.

A nova opção já existe há nove anos em alguns países da Europa, no México e EUA, mas chegou ao Brasil recentemente.

Stiper são pastilhas macias produzidas com silício cristalizado e aglutinado com celulose vegetal, dois elementos 100% naturais, sem efeitos colaterais e sem contra-indicações.
O silício é o mais potente ordenador de ondas e freqüências e permite maior estimulação de pontos do corpo humano, assim como as agulhas.

“O Stiper é uma acupuntura contemporânea, uma evolução da tecnologia conjugada com uma medicina de 5 mil anos!”

O tratamento, assim como a acupuntura tradicional, é indicado para mais de 400 patologias, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

A procura maior é para quadros de stress, dores agudas e crônicas, enxaquecas, tensão pré-menstrual, gastrites, insônia, depressão, síndrome do pânico, ansiedade, entre outros.
A nova técnica também pode ser usada na estética com uma resposta ainda mais rápida que os demais tratamentos, agindo na diminuição de olheiras, bolsa nos olhos e linhas de expressão.

Neste caso, para o cliente não sair com as “pastilhas” no rosto, deve comparecer 1 vez por semana no consultório, aprender como colocar os stipers em posição, e diariamente , em sua casa , repetir o procedimento por 40 minutos, retornando na próxima semana ao consultório para troca dos stiper, que após 5 dias perdem a função.

Nenhum comentário: