Um pouco sobre mim...

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...

14 de dez de 2011

As Glândulas Místicas

5ªparte A

Como Somos Feitos?

As Glândulas Místicas: Hipófise e Pineal

Para continuarmos entendendo os corpos e melhor estudarmos Aura e Chacras, precisamos ainda nos deter, especialmente, em duas glândulas importantíssimas: a Hipófise ou Pituitária e a Epífese mais conhecida por Pineal.
São conhecidas como glândulas místicas, por serem ainda muito desconhecidas da ciência e por nos ligarem aos nossos corpos mais sutis: os corpos espirituais, movidos pelo elemento Éter.

5.A) a Hipófise ou Pituitária ;
5.B) a Pineal ou Epífise.


O Coração ligado a HIPÓFISE

5.A) Glândula Mística:_HIPÓFISE ou PITUITÁRIA

É um corpo minúsculo, com o formato de um feijão, situada internamente, atrás da raiz do nariz,  tendo no homem o volume de uma pequena noz, pesando por volta de 0,6g.
 
Hipófise-glândula minúscula situada
atrás do nariz, ligada aos olhos.

A hipófise é conhecida como glândula “mestra” do organismo, seja pelo grande número de hormônios que produz:-sete-; seja porque através destes hormônios, controla outras glândulas e outros órgãos do nosso corpo.

Hipófise-gl. Mestra comanda outros órgãos.

As secreções da “glândula mestra” obedecem a um conjunto de estímulos de ordem hormonal e nervosa; donde pode-se concluir que exista uma relação direta entre estado psíquico e hormônios.

Hipófise ligada a Pineal

A Hipófise funciona através das energias eletromagnéticas, e tem  ligação com a Nutrição, a Construção do Corpo, a Reprodução e o Sistema Nervoso.
Uma vez removida essa glândula, cessa toda a função orgânica, daí ela ser considerada uma glândula VITAL.


A Hipófise e sua exata localização

Como sua atuação também é no crescimento, através do hormônio Somatotrófico (STH) ou Hormônio do Crescimento (GH), se a glândula mestra - Pituitária- se super-desenvolver provoca o Gigantismo; se estiver subdesenvolvida, dá origem ao Nanismo. 
No entanto, hoje a ciência, através dos endocrinologista,  acharam solução para o problema.

Gigantismo
A Hipófise é também chamada Base da Mente ou Glândula da Intelectualidade; seu lóbulo frontal tem ligação com o Pensamento Emocional, com os dons artísticos, a criatividade; é onde se produz a Poesia , a Música; enquanto o lóbulo posterior tem ligação com Conceitos intelectuais mais Concretos como: Definições, Matemática, Cálculos etc


A Hipófise influi na sexualidade.
 
A deficiência ou excesso do trabalho desta tão importante glândula, a Pituitária, através dos hormônios Gonadotróficos ligados aos órgãos sexuais, também pode provocar anomalias sexuais, como por exemplo antecipar ou retardar a puberdade.

Hipófise - o Terceiro-olho
A hipófise é muitas vezes marcada nas tradições como o “Terceiro Olho”. Inúmeras obras de arte sacra, crenças místicas e indígenas, representam essa marca entre as sobrancelhas, na testa, assim como todas as religiões reconhecem sua importância espiritual.

_____ *** _____


Se quiser ler o assunto desde o início: Como somos feitos? 1ª parte- Planos e Corpos; clic:
http://magiadailha.blogspot.com/2011/10/como-somos-feitos-planos-e-corpos-1.html

Compilado e postado por Gení Mafra Souza.


Fonte de Consulta

Além do resultado de apontamentos, estudos, observações e pesquisas diversas dos anos que trabalho como terapeuta holística; também baseado nas obras:
- Você é sensitivo? Julie Soskin Ed. Pensamento.
- Em busca da Espiritualidade- J.V.Praagh-Sextante.
- Qual é a cor da sua Aura? Barbara Bowers-Saraiva
- Respiração e Espitirualidade , Gunnel Minett, ed. Pensamento, São Paulo.
- Revista de Terapias Alternativas, Cromoterapia, ed. Escala, São Paulo.
- Revista : Planeta YOGA, para pesquisa, número 127, ed. TRÊS

Bons sites consultados e para ler:

www.ogrupo.org.br/glandula_pineal_epifise.asp%20-
www.afh.bio.br/endocrino/endocrino2.asp
www.healer.ch/po/chakras.htm
www.caminhosdeluz.org/A-119.htm
www.comunidadeespirita.com.br/.../os%20chakras%20e%20suas%20
www.eusouluz.iet.pro.br/setechacras.htm
www.harmoniearomaterapia.com.br/index.php?option...id www.viveralternativo.com.br/esoterismo/artigo/chakras/
www.blogger.com/goog_1029183943

Imagens destes e de outros sites da net


copiado do blog: Magia da Ilha

24 de nov de 2011

"Nenhuma ciência, nenhum conhecimento é necessário além dos métodos simples aqui descritos: e os que quiserem obter maior benefício da Dádiva mandada por Deus serão os que a mantiverem pura como ela é: livre da ciência, livre das teorias, pois tudo na Natureza é simples."

                             Edward Bach

Samuel Hahnemann (criador da Homeopatia) e as suas Consultas por Carta - antecessor das consultas virtuais!!!


Samuel Hahnemann, em relação às consultas virtuais atuais e vindouras.
Samuel Hahnemann (criador da Homeopatia)
e as suas Consultas por Carta

Samuel Hahnemann (criador da Homeopatia) e as suas Consultas por Carta

Postado por Lena Rodriguez em domingo, dezembro 6, 2009 Em: Florais On Line
 
Leia essa excelente observação do Karel baseada em relatos de Samuel Hahnemann... 

Eu atendo há mais de dez anos à distância, ou virtualmente falando e particularmente não vi problemas nessa forma de atendimento, aliás, muito pelo contrário, o que percebo é a segurança em que os atendidos ficam em saber que não importa onde eu esteja residindo, eles sempre poderão contar comigo... 

Este é um fato até acontecido recentemente, porque estou de mudança de Estado, de SP para MG e em um primeiro momento, aqueles mais próximos falam do distanciamento, lembrando seguidamente que felizmente. no tempo em que estamos vivendo, isto passou a ser uma solução e não mais um problema. 

Vamos às consultas por carta de Hahnemann...
Samuel Hahnemann (1755-1843)
Hoje, em pleno século XXI, dizem que as consultas de terapia floral ditas virtuais (por e-mail, skype, msn, conferência eletrônica, etc) não funcionam para o atendimento das pessoas. 
Que o profissional não tem o "feeling" necessário porque não está em frente ao seu paciente. 
Então, o que dizer desta carta de  Samuel Hahnemann (pai da Homeopatia) ao seu paciente? 

Leia-a e depois deixe o seu comentário.

Por volta do ano de 1800, Hahnemann (na época, com 45 anos) recebeu uma carta escrita por um alfaiate de 42 anos, que era portador de estrutura orgânica delicada e lhe pedia orientação medicamentosa para se tratar de estafa. 
Naquela época um profissional daquele ofício geralmente era homem culto e ele recorreu ao auxílio de Hahnemann após ter sido desenganado pelos médicos de sua região. Aparentemente sua consulta não foi em vão: consta que viveu ainda por mais de 50 anos após ter recebido a resposta de Hahnemann.
Hahnemann mudava-se muito de domicílio e tratava de uma clientela que lhe era fiel, sendo comum que recebesse solicitações de consultas por carta, solicitações a que atendia também pela mesma via. 

Não diferente era o Dr. Edward Bach (médico bacteriologista, infectologista, homeopata e criador das essências Florais de Bach) que, nos idos de 1928, também atendia os seus pacientes por carta com excelentes resultados.

Num futuro próximo, a consulta virtual será em 3D, ou seja, terapeuta e paciente estarão lado a lado virtualmente, mas cada um num lugar distante - esta tecnologia fantástica ajudará milhões de pessoas no mundo inteiro onde o espaço, tempo, trânsito, condições climáticas, etc não serão mais as barreiras para um bom atendimento.

Mas, vamos à carta de Hahnemann e veja o gênio em ação e o quão atual é o seu tema para os dias de hoje (que não o seja para todo o sempre...):

"O delicado engenho humano não foi projetado para o excesso de trabalho. 
Se algum ser humano assim proceder por ambição, amor ao lucro, ou por qualquer outro motivo pleno de louvor ou de censura, coloca-se em oposição à ordem da Natureza, e sujeita o seu corpo a sofrer dano ou destruição. 
Tanto mais se o organismo já estiver, por algum motivo, enfraquecido.
Então, meu caro amigo: o que não puderes fazer em uma semana, faze em duas. 
Teus fregueses podem não estar com paciência para aguardar, mas eles também não podem racionalmente querer que adoeças, ou que morras de tanto trabalhar a fim de satisfazer as vontades deles, transformando tua esposa numa viúva e teus filhos em órfãos. 
Não é só o aumento do trabalho físico o que está a te prejudicar, mas bem mais a tensão mental concomitante que, por sua vez, novamente afeta o corpo de maneira prejudicial. Se não assumires uma atitude de calma, indiferença, adotando o princípio de viver primeiro para ti mesmo, e só após para os outros, há pouca chance de que te recuperes. Quando estiveres na tua sepultura os homens ainda estarão vestidos, talvez não com tanta elegância, mais ainda toleravelmente bem. 
Se fores sábio, podes tornar-se saudável e até mesmo atingir uma idade avançada.
Se algo te importuna, ignora-o; se algo te é demais, não te ocupes com isso; se outros tentam manipular o teu tempo, vai devagar e ri dos tolos que queiram te aborrecer. Aquilo que puderes confortavelmente realizar, realiza; não te molestes com o que não puderes fazer, pois as nossas condições materiais não melhoram através da pressão exercida por sobrecarga de trabalho. 
Tu apenas te desgastarás proporcionalmente mais com teus afazeres domésticos sem aferir qualquer lucro no final.
Economia e limitação de supérfluos (aqueles bens que quem trabalha duro quase sempre não possui) nos coloca em posição de viver com maior conforto - ou seja, de maneira mais racional, mais inteligente, mais de acordo com a Natureza, com mais alegria, maior tranqüilidade e melhor saúde. 
Por conseguinte devemos agir com mais comedimento, sabedoria e prudência, ao invés de trabalharmos em esbaforida correria, submetendo nossos nervos à constante tensão, que destrói os mais preciosos tesouros da vida: paz no pensamento e boa saúde.
Sê mais prudente, considera a ti mesmo em primeiro lugar e deixa que tudo o mais te seja secundário em importância; e, se porventura afirmarem, em nome da honra, que faz parte de teus compromissos produzires mais do que for bom para o teu potencial físico e mental, mesmo assim, por amor a Deus, não te permitas ser conduzido a fazer o que é contrário ao teu próprio bem-estar.
Permanece surdo à corrupção do elogio, acalma-te e segue teu próprio curso lenta e suavemente, como um homem sadio e sensato. Desfrutar com a mente e corpo tranqüilos, esta é a razão para a qual o homem está no mundo, e para trabalhar somente o tanto necessário para conquistar os meios desse desfrute - e não, com certeza, para se deixar consumir e fatigar pelo trabalho.
O eterno esforço e empenho dos mortais de curta visão a fim de lucrar mais e mais, de assegurar uma honra ou outra, de prestar um serviço a esta ou àquela personalidade -- tudo isso geralmente é fatal ao bem-estar e constitui causa comum de envelhecimento e de morte precoces.
O homem calmo e moderado, que deixa as coisas fluírem suavemente, atinge o mesmo objetivo, vive mais tranqüilo e saudavelmente, e conquista uma boa velhice. 
Em seus momentos de paz pode haver espaço para acolher uma idéia feliz, fruto de um pensamento sábio e original, que dê um ímpeto lucrativo aos seus afazeres temporais. Lucro bem maior do que pode ser obtido pelo homem sobrecarregado que nunca encontra tempo para concentrar seus pensamentos.
Para vencer a corrida, só velocidade não é suficiente. 
Empenha-te em permanecer um pouco indiferente, em ser calmo e tranqüilo e então chegarás a ser aquilo que eu desejo que tu sejas. 
Experimentará coisas maravilhosas; verás quão saudável te tornarás se seguires o meu conselho.
E teu sangue correrá calmo e serenamente em tuas veias, sem esforço ou agitação. Nenhum sonho terrível perturba o sono daquele que se deita para repousar com nervos calmos, e o homem que está livre de preocupações acorda pela manhã sem ansiedade a respeito dos múltiplos afazeres que o aguardam durante o dia.
Para que se preocupar? 
A alegria da vida lhe é mais importante do que qualquer outra coisa. 
Com fresco vigor inicia moderadamente teu trabalho e durante tuas refeições nada, nem ebulições de sangue, nem preocupações, nem ansiedade te impeçam de saborear o que o Beneficente Provedor da Vida coloca diante de ti; e assim, um dia se segue a outro em tranqüila sucessão, até que, finalmente, com uma idade avançada, chegues ao término de uma vida bem vivida, e repouses serenamente noutro mundo, como neste calmamente viveste.
Isto não é mais racional, mais sensato? 
Deixa que os homens insaciáveis e autodestrutivos hajam tão irracional e danosamente contra si mesmos quanto o quiserem; deixa que sejam tolos, mas tu deves ser mais sábio.
Não me deixes revelar esta sabedoria a respeito da vida em vão. 
Quero-te bem.
Adeus. 

Segue meu conselho e quando tudo estiver bem contigo, lembre-se do
Dr. S. Hahnemann.

PS: Ainda que te vejas reduzido ao teu último centavo, permaneça alegre e de bom ânimo. 
A Providência olha por nós e uma boa oportunidade deixa tudo certo de novo. 
Quanto necessitamos para viver, para restaurar nossas forças com alimentos e líquidos sadios, ou para nos defendermos do frio e do calor? 
Pouco mais do que coragem. 
Quando nós a possuímos, podemos obter o essencial sem muito problema. 
O sábio não necessita senão de pouco.
A energia conservada não precisa ser renovada por remédios".

Hahnemann viveu 88 anos (1755-1843) numa época onde a esperança de vida era bem mais baixa que os tempos atuais.

Autor: Josef Karel Tlach - Blog do Karel - texto modificado e baseado do site http://alvarork.blogspot.com

copiado do site:Cuide bem de você

8 de nov de 2011

Corpo Físico-SISTEMA NERVOSO e o Corpo Etérico ou “Duplo Etérico”(como somos feitos 3ª parte)


Os impulsos do nosso S. Nervoso.

O Sistema Nervoso é um vasto e complexo sistema de MENSAGENS, que transporta as correntes elétricas em forma de ONDAS ou IMPULSOS, de formas e freqüências muito variadas.

O Cérebro manda mensagens

Trata-se de um complicadíssimo conjunto de CIRCUITOS BIOELÉTRICOS, através dos quais se Transmitem as Ordens Voluntárias de AÇÕES e MOVIMENTOS, recebem-se as PERCEPÇÕES EXTERNAS e PRODUZEM-SE os COMANDOS de certas FUNÇÕES AUTOMÁTICAS (como os movimentos dos Pulmões, do Coração, os Movimentos Peristálticos etc).

Atuações do Sistema Nervoso
 
Assim pode-se estabelecer que todo organismo vivo possui um corpo eletro-magnético que emerge da circulação de Correntes ELÉTRICAS através da rede nervosa. O meio de manifestação desse Corpo Eletromagnético é o ÉTER.

Cérebro-cerebelo-bulbo (encéfalo) que ficam no
crânio, junto com a  medula que fica na coluna;
formam o Sistema Nervoso Central.

Os centros de atividade do homem estão localizados nas zonas onde o tecido nervoso é mais concentrado, já que ali existirão maiores quantidades de circuitos e correntes elétricas: o ENCÉFALO, o conjunto de PLEXOS e a COLUNA VERTEBRAL juntamente com as GLÂNDULAS de SECREÇÃO INTERNA, principalmente. (falaremos a seguir)


O Encéfalo, os Plexos, a Coluna Vertebral e as
Glândulas Internas são as partes mais importantes.
 
Nas zonas citadas, existe maior atividade eletromagnética que irão se distribuir por todas as partes do Corpo Físico, acompanhando sua forma.  É assim que aparece uma espécie de "DUPLO"; explicando melhor; cada órgão apresenta uma "cópia" ou "figura de si",(como a imagem num espelho) mas invisíveis aos nossos olhos físicos, por ser de natureza Etérica: o chamado "DUPLO ETÉRICO" ou Corpo Etérico.

Corpo Físico, Etérico e o
Corpo Emocional (Astral)

Ex. não vimos as ondas elétricas ou sonoras, mas é só ligar o rádio ou a TV para que o som e/ou a imagem apareçam, mesmo que nós não as vemos ou não acreditássemos nisso!

A natureza em geral, quando num determinado ponto do espaço operam certas forças, observa-se a formação de REDEMOINHOS ou TURBILHÕES. Ex disso são os maremotos, os furacões, os terremotos, os próprios redemoinhos ...


Corpos do Plano Físico e Aura.

São exatamente essas formas de VÓRTICES ou TURBILHÕES, denominados CHAKRAS, que se observam no corpo humano ETÉRICO, e que embora tenham se iniciado no CORPO FÍSICO- resultado dessas forças Eletromagnéticas- não são visíveis nele.


Chacras - Turbilhões que se originam no
Corpo Físico mas não são visíveis nele.

São exatamente esses VÓRTICES ou CHAKRAS que vão UNIR TODOS os NOSSOS CORPOS uns aos outros, INTERLIGANDO-OS ou entrelaçando-os e emitindo CORES, formando ao redor do nosso CORPO FÍSICO um ARCO-ÍRIS - a AURA- vista pelos sensitivos e hoje, já fotografada pelas máquinas de FOTOS KIRLIAN.

O arco-íris que forma nossa Aura
provém desses turbilhões-ou Chacras

Sobre estes dois empolgantes fenômenos: AURAS e CHAKRAS, voltarei a falar mais adiante, depois de conhecermos melhor nosso importantíssimo Sistema de Glândulas Internas, ligadas ainda ao nosso CORPO FÍSICO, já que tal conhecimento se faz necessário para entendermos melhor os Chakras.
_____  ***  _____ 

Postado por Geni Mafra Souza
 
Fonte de Consulta
Além do resultado de apontamentos, estudos, observações e pesquisas diversas dos anos que trabalho como terapeuta holística;

Também baseado nas obras:
- Você é sensitivo? Julie Soskin Ed. Pensamento.
- Em busca da Espiritualidade- J.V.Praagh-Sextante.
- Qual é a cor da sua Aura? Barbara Bowers-Saraiva
- Respiração e Espitirualidade , Gunnel Minett, ed. Pensamento, São Paulo.
- Revista de Terapias Alternativas, Cromoterapia, ed. Escala, São Paulo.
- Revista : Planeta YOGA, para pesquisa, número 127, ed. TRÊS

Bons sites consultados e para ler:


Imagens destes e de outros sites da Net
copiado de Magia da Ilha

Os TRÊS CORPOS do Plano Físico- ( como somos feitos?-2ªparte)

Seguindo a ordem citada, falarei primeiro do PLANO FÍSICO onde estão nossos Corpos: Físico, Etérico e Emocional (Astral) representados pelos elementos: Terra, Fogo e Água respectivamente

PLANO FÌSICO-CORPOS INFERIORES

Não precisaria falar muito do Corpo Físico pois é, praticamente, o Único que nos fazem estudar exaustivamente nas escolas e com o qual mais nos ensinam a ter cuidados em casa!

Na escola, a Biologia esmiúça nosso corpo físico fazendo-nos estudar, até talvez, coisas que não nos sejam tão importantes para nossa vida diária (deixemos isso mais para os médicos e especialistas) em detrimentos de nos falar ao menos de nossos outros corpos, tão ou mais importantes como: o Etérico (espiritual), o Emocional e o Mental.


Nas escolas o Corpo mais usado é o Mental
 
 Nos ensinam a decorar textos e gravar fórmulas, muitas vezes inúteis, esquecendo-se de nos ensinar a importância do pensamento positivo, do amor incondicional, da eliminação de preconceitos, do valor do perdão etc; salvo algumas escolas mais humanizadas como é o caso das escolas Antroposóficas (Waldorf) Adventistas; Logosóficas ...

 "Treinamos" nossas crianças e jovens para entrarem nas Universidades, esquecendo de ensiná-los a VIVER, para depois gastarmos com adultos estressados, paranóicos, depressivos, compulsivos, drogados e infelizes, num redemoinho de serviços mal prestados e abarrotamento de licenças/saúde.

Detalhes esmiuçados do Corpo Físico
 
* Antes quero esclarecer que, sempre que me referir a "outras encarnações", se você é contra reencarnação, ou não acredita nela, entenda isso como “memória celular” ou "herança de seus antepassados" que todos nós trazemos no DNA, assim como trazemos as heranças físicas: cor de olhos, cabelos, tom de pele etc

A)O Plano Físico: Corpo Físico

Representa o elemento Terra. O Homem dispõe para seu uso, primeiramente, de seu Corpo Físico, sólido de vibrações de baixa freqüência, por meio do qual entra em contato com as coisas físicas.

Nosso Corpo de Energia
 
Nós somos Energia, vivendo num universo feito de Luz e vibrações. O estado sólido de nosso corpo é apenas temporário. Ele só acontece durante a encarnação na terra.

Assim, o Homem é uma Alma que possui um Corpo, ou, em realidade vários corpos, pois além do corpo físico visível, há (como já vimos) outros corpos invisíveis a visão comum, com os quais se relaciona com o mundo (ou com os outros corpos espirituais) o Corpo Emocional e o Mental.


Sistemas do nosso Corpo Físico

Os fisiologos estão mais voltados para o Corpo Físico, denso, e a maioria deles, provavelmente, desconhece a existência do outro grau de matéria, também física, ainda que invisível, que os ocultistas e Yogues conhecem como Etérica. (CORPO ETÉRICO ou DUPLO ETÉRICO).

Corpos Físico, Etérico, Astral (emocional)

Este segundo corpo, parte invisível do Corpo Físico, é o veículo pelo qual fluem as correntes vitais que mantêm o Corpo vivo e funciona como elemento de ligação, transferindo as ondulações do Pensamento e a Emoção do CORPO ASTRAL ao CORPO FÍSICO mais denso. Sem tal ponte intermediária, não poderia o ego utilizar as células do nosso cérebro.

Sem o Corpo Etérico, o EGO (personalidade) não sobreviveria.

 Para melhor entendermos a natureza etérica do Homem, precisamos analisar brevemente nosso SISTEMA NERVOSO, para facilitar nossos estudos. Este será o assunto que virá a seguir. (próxima postagem). Para ler a  3ª parte de Como Somos Feitos? clic:
_____  ***  _____

Postado por Gení Mafra Souza
 
Fonte de Consulta
Além do resultado de apontamentos, estudos, observações e pesquisas diversas dos anos que trabalho como terapeuta holística;

Também baseado nas obras:
- Você é sensitivo? Julie Soskin Ed. Pensamento.
- Em busca da Espiritualidade- J.V.Praagh-Sextante.
- Qual é a cor da sua Aura? Barbara Bowers-Saraiva
- Respiração e Espitirualidade , Gunnel Minett, ed. Pensamento, São Paulo.
- Revista de Terapias Alternativas, Cromoterapia,ed. Escala, São Paulo.
- Revista : Planeta YOGA, para pesquisa, número 127, ed. TRÊS

Bons sites consultados e para ler:
http://www.kirlian.com.br/informativa_por.asp
http://www.cultodavida.com/list/aura/0.html
katryoska-wiccasolitaria.blogspot.com
espacorenascerdafenix.blogspot.com/.../chakraslocalizacoes-e-influen...-
www.samshiraishi.com/matrioshkas-kokeshis-e-os-sete-deuses-da-fort...
padmashanti.blogspot.com
universonatural.wordpress.com
krystalverde.blogspot.com
cnckai.blogspot.com
sonoo.com.br
sgi.org.br
wdicas.com

Imagens da Net

COMO SOMOS FEITOS? Planos e Corpos (1ª parte)

COMO SOMOS FORMADOS
As doutrinas secretas (ao contrário do que muitos pensam !) explica-nos como somos feitos, de modo absolutamente científico.  
Os cientistas modernos esquematizaram toda a vida, física ou química, numa escala de átomos que vibram em diferentes velocidades. 
Os antigos já chamavam esta escala de Plano Físico.
O Plano Físico abrange os sólidos, os líquido, os gases e os éteres e inclui, naturalmente, o nosso Sistema Solar.


Antigas Civilizações já conheciam
nossos "outros corpos"

Seria muita ingenuidade nossa pensar que “CORPO” é apenas este corpo físico que vemos. Mesmos os filósofos, estudiosos e escolas mais antigas, já admitiam a existência de "outros corpos".

Freud e Jung trouxeram isto para a medicina psiquiátrica e psicanalista, na explicação do Inconsciente e Inconsciente Coletivo e, o assunto começou a ser visto de uma nova forma, mas simplesmente tornando científico, aquilo que tão bem os místicos já viam e ensinavam, principalmente os Yogues do Oriente, a mais de mil anos antes.

Freud e Jung trouxeram explicações dos outros corpos para a Medicina, na explicação do Inconsciente.

A parcela do nosso Espírito que encarna no corpo terrestre corresponde apenas ao tamanho de nosso dedo polegar. 
Na verdade somos seres vastos.  
Se nosso corpo terrestre ou físico representasse tudo o que somos, teríamos cinco metros de altura e nossa aura, ou "luz" emitida pelo nosso corpo físico e que nos envolve, simplesmente falando, se estenderia a mais de um quilômetro em todas as direções.

Seríamos muito altos se nosso corpo físico
mostrasse tudo o que somos...


Para exemplificar melhor, podemos comparar o conjunto de nossos corpos com uma cebola onde cada camadas corresponde a um corpo. 
Outro exemplo, talvez até melhor,  são as Matryoshkas- as bonecas russas, de madeira, de figuras iguais, ocas, de tamanhos decrescentes encaixadas uma dentro da outra, normalmente em número de sete, onde a última apenas, a menor e mais interna de todas, que representa na comparação nosso Corpo Físico; não é oca.


Matryoshkas- as bonecas russas encaixadas
uma dentro da outra, como nossos corpos.


Ou também com os Shichi-fuku-jin, os Sete Deuses Orientais da Fortuna, encaixados de forma semelhante às bonecas e, de onde a idéia parece ter sido tirada.  
Estes brinquedos se assemelham aos nossos corpos onde o mais interno, o de menor tamanho, seria o nosso corpo físico.


 
 
PLANOS e CORPOS

A vida é feita de diversos Planos, dos quais o Plano Físico é apenas um, o mais denso, o de freqüência mais baixa e o mais conhecido.  
Tudo na vida, do planeta a um grão de areia, está interpenetrado por esses Planos ou “mundos” e, na maioria dos casos, possui um “corpo” para com ele atuar em cada um.

Nossos sete corpos.
Assim vemos que, no Plano Físico o homem tem um Corpo Físico que contém substâncias químicas em estado sólido, liquido e gasoso.  
Este corpo é interpenetrado por outro, que é sua cópia e que se constitui de éteres (do fogo), o chamado “Corpo Etéreo” ou "Duplo Etéreo", forma uma delicada textura, através da qual as vidas-forças, elétricas e radiantes, partindo do universo interior, vão alimentar seu corpo físico.  
 
A seguir vem um outro corpo chamado “Corpo Astral ou Emocional” onde estão localizados os nossos sentidos, os desejos, as nossas emoções.

O próximo plano é o Plano Mental formado pelo “Corpo Mental” que , como o próprio nome já diz, guarda nossas idéias, nossos pensamentos, abrigando também o Inconsciente e aquelas formas pensamentos, que juramos nunca tê-las criado conscientemente, mas que atuam de forma contundente na nossa realidade física.

*Os sete corpos e suas denominações

O Plano que vem a seguir é o Plano Espiritual (ou Etérico, não confundir com corpo etérico) desconhecido de grande parte das pessoas, pouco explorado nos livros pois, é tão pouco denso e tão sutil que, até algum tempo atrás somente os “ iniciados “ tomavam conhecimento deles, sendo que a maioria dos autores se negava a trazê-los a público por tratar-se de conhecimentos herméticos, só estudados pelas religiões ou pelos mais altos graus das iniciações, de sociedades secretas como a Cabala, a Maçonaria, Rosacruz etc. Neste plano estão três “corpos” - o Corpo Espiritual ou Crístico; o Corpo Galáctico, Celestial ou Chama Trina; e o Corpo Causal, Ketérico ou Búdico.

Os Sete Corpos e suas Formas

Cada corpo, de qualquer um dos planos, corresponde a um elemento.  
* E as denominações dos "Corpos" aqui citadas, podem variar segundo o autor ou  a linha que se segue ou se pesquisa.

Segundo especialistas no assunto, sabemos hoje em dia que além destes existem outros corpos, mais sutis, mas que nossa mente não consegue ainda entender ou estudá-los (a não ser as pessoas extremamente evoluídas ou espiritualizadas) porque para o homem atual, de mente materialista, é difícil “visualizar” esses “ planos” e “ corpos" e, até mesmo, acreditar que eles existam. 
Se bem que hoje, a medicina, bem como ciência como um todo, já reconhece a existência de, pelo menos três corpos além do corpo físico; o corpo mental, o emocional e o espiritual.

Os sete Corpos com os Elementos

 
Se quisermos seguir nosso caminho Espiritual, precisamos conhecer-nos antes de tudo "Conhece-te a Ti mesmo"-não é uma máxima nova- porque só assim podemos nos defender de ataques diversos, mudar nossos pensamentos e controlá-los, pois são eles que irão criar nossa realidade -
"Assim como é em cima, é embaixo "- e promover nossa real CURA, admitindo e curando nosso EGO 
-"Me decifra ou Eu te devorarei "- curando um pouco também a terra, nosso berço, nossa Mãe; servimos ainda de Cura, uns aos outros.

 
 
Reumindo


    Planos    __________     Corpos    ________     Elemento

                                           ___       1)  Corpo Físico _______   Terra
A) Plano Físico                   ___      2)  Corpo Etérico ou
                                                          Duplo Etérico  ________   Fogo
                                           ___       3)  Corpo Astral
                                                          ou Emocional  ________    Água

B) Plano Mental       ___    4)  Corpo Mental   ______   Ar


                                             ___   5) Corpo Espiritual
                                                         ou Crístico        _______      Éter
C) Plano Espiritual ___                     6) Corpo Galáctico
                                                          Ceslestial-Chama Trina _   Éter
                                             ___    7) Corpo Causal
                                                          Ketérico-Búdico  ______   Éter
                                  
_____  ***  _____

Para acessar a 2ª parte, -Os Corpos do Plano Físico- clic:

Postado por Gení Mafra Souza
Fontes de Consulta:
Além do resultado de apontamentos, estudos, observações e pesquisas diversas dos anos que trabalho como terapeuta holística; também baseado nas obras:

- Você é sensitivo? Julie Soskin Ed. Pensamento.
- Em busca da Espiritualidade- J.V.Praagh-Sextante.
- Qual é a cor da sua Aura ? Barbara Bowers-Saraiva
- Respiração e Espitirualidade , Gunnel Minett, ed. Pensamento, São Paulo.
- Revista de Terapias Alternativas, Cromoterapia,ed. Escala, São Paulo.
- Revista : Planeta YOGA, para pesquisa, número 127, ed. TRÊS

Bons sites consultados e para serem lidos:

http://www.kirlian.com.br/informativa_por.asp
http://www.cultodavida.com/list/aura/0.html
katryoska-wiccasolitaria.blogspot.com
espacorenascerdafenix.blogspot.com/.../chakraslocalizacoes-e-influen...-
www.samshiraishi.com/matrioshkas-kokeshis-e-os-sete-deuses-da-fort...
padmashanti.blogspot.com
universonatural.wordpress.com
krystalverde.blogspot.com
cnckai.blogspot.com
sonoo.com.br
sgi.org.br
wdicas.com

Imagens Net


26 de out de 2011

Emagrecimento - Técnicas associadas!!


Oligoterapia +  Massagem Redutora + Transformação Essencial 

Nos tratamentos estéticos a oligoterapia funciona através da penetração transdérmica.
 São utilizados cremes contendo em sua formulação oligoelementos específicos para cada tipo de deficiência orgânica, que após serem aplicados na área desejada recebem a estimulação de um aparelho ionizador.

O tratamento é associado à drenagem linfática manual  e posteriormente o Dome Invel Corporal, aparelho desenvolvido com tecnologia japonesa que estimula o metabolismo.

A associação de recursos tem como objetivo  potencializar os resultados, oferecendo aos clientes um tratamento completo que reduz medidas, hidrata a pele e proporciona relaxamento.

Desta forma, mesmo quando a Oligoterapia é empregada com objetivos estéticos específicos acaba trazendo outros benefícios pois um organismo nutrido e em equilíbrio consegue reagir de forma mais rápida e absorver mais intensamente os produtos.

Após uma avaliação inicial para prescrição dos oligoelementos necessários (agendadas com a Dra Mirhyam – (011) 2296-9255 ou mirhyamcanto@uol.com.br - – feitas in loco ou via internet) , são feitas inicialmente  três sessões para desintoxicação, com duração de uma hora cada (agendadas com a Esteticista Ivete Saab – (011)9345-1145 ou ivetensaab@hotmail.com
Atuando na mudança de parões de comportamento, a terapeuta Lilian Kimura trabalha com a Terapia de Transformação Essencial  com o objetivo de remover, modificar ou interferir em padrões perturbados de comportamento, promover o desenvolvimento e crescimento positivo da personalidade. Sua duração é limitada, pois busca obter uma melhora da qualidade de vida em curto prazo, escolhendo um determinado problema mais premente e focando os esforços na sua resolução. Agende sua avaliação gratuíta com Lilian Kimura (011) 9804-0222 ou lilian.gayakimura@hotmail.com
A partir daí, inicia-se o tratamento propriamente dito, com sessões de duas horas, que podem ser feitas 2 vezes por semana. Tanto com a Esteticista como com a Terapeuta de Transformação Essencial!!

17 de out de 2011

Energia


A palavra energia tem muitas conotações.
Ela pode significar tanto tipos específicos de energia como a energia elétrica e atômica, como também se referir ao movimento das pulsações sutis que permeiam as estruturas materiais.
Para que haja energia é necessário que haja movimento.

Desta forma, os orientais, praticantes da medicina chinesa e ayurvédica, consideram que a saúde é decorrente de um fluxo de movimento harmonioso de energias sutis conhecidas por “Chi” ou “prana” ou mais comumente por “energia vital“.

Dentro deste princípio, a vida se baseia no movimento.

Este movimento é devido a um relacionamento entre dois campos opostos, que constitui as polaridades, conhecidas na medicina chinesa, por “yin” e “yang”, na ayurvédica, por “gunas”.

Mesmo diante de uma perspectiva voltada para a ciência e a tecnologia, qualquer fluxo energético é orientado através da polaridade.
Observe-se que, para que a eletricidade flua é necessário um relacionamento entre as polaridades do potencial positivo e negativo.
Do mesmo modo, se observarmos a estrutura de um átomo, veremos o estabelecimento de uma relação dinâmica entre as energias positivas, neutras e negativas.

Porém, para que haja movimento e o conseqüente fluxo energético, é necessário que exista uma fonte, origem deste movimento.
E assim, podemos considerar que a vida de todo ser consciente passa por diversas fases, ao deslocar-se de campos de energia mais sutis para os mais densos, quando desenvolve a forma física.

Para o taoísmo chinês a origem de tudo o que existe reside no “Tao”, que é a essência imutável destituída de polaridade, a partir do qual surge toda a criação e o potencial para a existência de todas as formas.
Para os chineses, o “Tao” possui dois aspectos um não manifesto “Wu chi”, e outro, manifesto “Tai Chi”. Ao originar o movimento a energia criativa do “Tao” desenvolve as polaridades através das forças “yin” e “yang”, onde “yang” corresponde a fase da energia positiva e expansiva, projetando-se para fora e o “yin”, a fase contrativa, negativa e receptiva.
Se observarmos o funcionamento de um coração, veremos que ele se baseia na contraposição entre duas forças opostas, centrífuga e centrípeta.
Assim o sangue, durante a fase expansiva , “yang”, é impulsionado para fora do órgão, enquanto que na fase receptiva, “yin”, ele é sugado para o seu interior.

“Yin” e “yang”, através de suas potencialidades, determinam um fluxo de energia a partir do qual serão criados os 5 elementos ou padrões de energia.
O relacionamento entre “yin” e “yang” e os 5 elementos irão expressar nossos pensamentos, emoções e processos físicos.
Os 5 elementos são manifestações do “Tao”, emanadas a partir do seu centro, neutro.


Diversas Formas de Energia

A energia metabólica extraída dos alimentos que ingerimos é a forma de energia mais conhecida que o nosso corpo utiliza.
A nível físico, a energia metabólica, que retiramos dos alimentos que ingerimos, é fornecida através de carboidratos, proteínas, gorduras, minerais e vitaminas.
Os alimentos devem ser encarados não como uma maneira de acrescentar calorias, proteínas, carboidratos e gorduras ao nosso organismo, mas como uma força dinâmica que interage com os seres humanos nos níveis dos corpos físico, mental e emocional e também energético e espiritual.

A nutrição é um processo de interação e assimilação das forças dinâmicas do alimento e do nosso ser. Rudolf Steiner, criador da Antroposofia, em 1924, afirmava que a importância da assimilação consiste na inter-relação entre os campos de energia do organismo humano e o das substâncias ingeridas.
Em “The Dynamics of Nutrition”, o Dr. Gerhard Schimidt ressalta a relação entre a nutrição e a assimilação nos diferentes níveis de energia que aumentam com a proximidade da luz solar.

Ainda, segundo Steiner, a principal finalidade dos nutrientes é o de contrariar a lei da entropia, através das forças dinâmicas do organismo, ou seja, é necessário que se mantenha a nossa energia corporal ou força vital elevada.
Dietas e estilos de vida inadequados impossibilitam o livre fluxo de energia cósmica interrompendo não só a duplicação das células como também as funções enzimáticas.
Como conseqüência surgem o envelhecimento e as doenças.

Os alimentos constituem uma fonte de elétrons carregados negativamente.
Ao serem ingeridos, os elétrons se deslocam do pólo negativo, existente nos alimentos, para o pólo positivo do oxigênio que inalamos.
Minerais importantes para o ser humano, como o ferro, magnésio, zinco e outros, são importantes condutores de bio-eletricidade.
Vitaminas A, C e E, selênio e diversas enzimas atuam como antioxidantes e são responsáveis para que os elétrons do sistema não sejam roubados pelos radicais livres, provenientes de poluição externa e interna conseqüente de uma dieta pobre.

Alimentos ácidos como a carne, o café, alem de refrigerantes e bebidas gaseificadas aumentam o nível de íons de hidrogênio (H+) no sistema, esgotando o oxigênio que se liga ao H+ para formar a água.
Daí a importância dos alimentos de origem vegetal, uma vez que, através da fotossíntese, a energia solar é armazenada como energia de elétrons ativos, na ligação carbono-hidrogênio.

O oxigênio se constitui, também, numa grande fonte nutricional uma vez que não podemos sobreviver sem ele além de alguns minutos.
O oxigênio é de vital importância, para nós seres humanos, uma vez que participa com 65% na constituição de partes do nosso corpo, como sangue, órgãos, tecido e pele.
Necessário à nossa sobrevivência, necessitamos dele para as diversas funções corpóreas.
Somente o nosso cérebro, (que representa 2% de nossa massa corpórea), necessita de 20% do oxigênio presente em 21% do ar que respiramos.

A água é outro elemento muito importante para o ser humano, tanto a nível físico como sutil.
É muito importante a ingestão de líquido e mais ainda estar atento à sua qualidade.

Outra importante fonte de energia vital é a luz do Sol, que é filtrada através dos corpos sutis e absorvida pelos receptores nervosos dos olhos e da pele.

É provável, segundo alguns estudos, que a íris, além de ser uma zona de reflexo, onde a energia que entra pode afetar partes do sistema humano, seja também um órgão específico de obtenção de alimento.

A informação da luz solar ao ser absorvida pelos receptores do nervo ótico é conduzida através de impulsos a centros importantes, como a pineal, pituitária e sistema endócrino.
Desta forma todo o organismo é ativado assim como são regulados os ciclos e ritmos corporais.
Atualmente a endocrinologia aceita a teoria de conexão entre o olho e a pineal, associada ao ritmo circadiano.
A luz solar ao penetrar no nervo ótico atua no centro ótico, no córtex e também no hipotálamo e núcleo superquiásmico, o relógio de nosso organismo. A seguir a luz segue para a medula espinal e gânglio superior cervical e para a pineal.
Daí são enviadas mensagens hormonais para o hipotálamo que também libera mensagens hormonais para a pituitária.

Experiências com animais estimulados por feixes luminosos na freqüência próxima ao vermelho-alaranjado têm demonstrado ser possível estimular, desta forma, os ovários.
É importante que se observe que a função sexual é atribuída ao segundo chacra, cuja cor básica é o laranja.

Além de necessária à produção de vitamina D, no nosso corpo, a luz solar é importante na regulação da produção de melatonina, fabricada na pineal, e responsável, segundo pesquisas, pela indução ao sono, além de modificar a secreção de outros hormônios.


Outras Formas de Energia

Contudo, nosso corpo, além da energia química, também utiliza outras formas de energia, como, por exemplo, a energia elétrica, que nos permite comunicações ao longo do sistema nervoso.
Nossas células podem se comunicar umas com as outras, não só através de sinais químicos mas também sinais luminosos e eletrônicos.
No entanto, embora não oficialmente aceitos pela ciência, nosso corpo utiliza outras formas de energia que são a energia vital e a espiritual, conhecidas no Oriente como “energia sutil”.

A “energia espiritual” importante para a nossa saúde flui para o interior das células e órgãos através dos chacras.

A energia vital é conhecida pela medicina chinesa como “Chi” e como “Ki“, no Japão.
É chamada de Prana pela medicina ayurveda, de Mana no Hawai, de Tumo no Tibet e corresponde também a energia orgônica, de William Reich.

O Prana para a medicina ayurvédica e para a ciência yogue corresponde à energia sutil do corpo e dos alimentos.
É a eletricidade solar pura que, segundo os antigos indianos, correspondem à pequenas esferas de vitalidade, eletricamente carregadas, que são mantidas no ar fresco.

As escrituras yogues afirmam que a consciência universal, em sua evolução, se transforma em prana, do qual emerge todo o universo.
O termo prana também serve para identificar a força vital no interior do corpo ou energia kundalini terrena, que segundo Muktananda corresponde à energia mantenedora e controladora de todo o nosso sistema fisiológico.
Contudo é importante ressaltar que, quando se fala no “despertar da kundalini”, estamos nos referindo à energia espiritual potencial que se acumula no chacra básico, no corpo etéreo.
Esta energia quando dinamizada completamente, emerge do seu estado potencial e se eleva através do nadi central ou sushumna.
Muktananda afirma que as impurezas bloqueadoras do fluxo de prana dos nadis constituem a base de todas as dores e doenças que nos afligem.

O prana, em seus diversos níveis de densidade, constitui o nutriente básico do nosso corpo.
Desta forma são considerados nutrientes todos os níveis de energia disponíveis nos reinos mineral, vegetal e animal, inclusive a própria luz do sol.
Segundo um paradigma holístico:

 “nutrição é tudo aquilo que absorvemos em nosso complexo corpo-mente-espírito, em diferentes níveis de densidade, e que tenha sido precipitado da força cósmica”.

 O Chi corresponde a energia sutil nutritiva absorvida diretamente do meio ambiente, do processamento dos alimentos ou herdada de nossos pais.
Fluindo através dos meridianos energéticos, ajuda a energizar e dar suporte às funções normais do nosso corpo.
Para os taoistas o Chi (Ch’i, Ki ou Qi) é uma forma de energia invisível, também conhecida como força vital, que permeia e alimenta tudo o que se situa abaixo do Sol, além dele próprio.
Esta forma de energia corresponde à força eletromagnética e nos seres humanos, embora não possa ser vista, pode ser sentida.

Segundo os Chineses, o “Chi” é uma energia que impregna o nosso corpo e todo o ambiente que nos circunda.
Segundo estudos desenvolvidos na China, a energia “Chi” é constituída de diversas outras formas energéticas como a radiação infravermelha, eletricidade estática, infra-som e campos magnéticos.
Pode-se afirmar que ele constitui nossa essência vital, sem a qual morreríamos.

Existem três tipos de Chi.
O Chi do céu que compreende as energias do universo, como a luz do Sol, a gravidade e o magnetismo. O Chi da terra abrange tudo que se situa em sua superfície como o calor, os mares, os ventos, as plantas e os animais.
Estes dois tipos de Chi influenciam um terceiro que é o Chi humano.
Este tipo de energia, o Chi humano, origina-se de três fontes.
Parte dela se origina da energia vital herdada de nossos pais e é chamada de chi ancestral.
A segunda fonte são os alimentos que ingerimos e de onde parte da energia é retirada e
a terceira e talvez a mais importante é retirada do ambiente.

Segundo Diane Stein, “enquanto o Chi da terra e o Chi do céu são levados para o corpo por força exterior, o Chi original ou força vital, presente na concepção, é interno e armazenado no Hara ou Tan Tien.”

 O centro do umbigo, também conhecido por Tan Tien, é o centro do Chi Original, em torno do qual giram as funções corpo/mente/espírito.
Ele armazena e transforma a energia que é usada para manter o bom funcionamento do corpo.
Situado a 2,5 a 4 cm abaixo do umbigo, medida que varia de pessoa para pessoa, este ponto situado na frente do corpo corresponde, atrás, ao espaço entre as segunda e terceira vértebras lombares.

Conforme os ensinamentos taoistas, o Tan Tien ou Centro do Umbigo é o lugar que se transforma, armazena e recebe as forças externas, necessitando estar livre de bloqueios para facilitar a circulação energética.
Ponto da Órbita Microcósmica, é importante nos processos de sintonização energética e tratamento no Reiki.

A Órbita Microcósmica conecta o vaso da concepção ao vaso governador, formando um circuito energético, através do corpo.
O canal governador (yang) começa no períneo e contornando o cóccix e a parte externa da bacia, eleva-se ao longo da coluna chegando ao alto do crânio, para então descer pelo meio do rosto e terminar no palato.
O canal funcional ou vaso da concepção (yin) também começa no períneo, elevando-se pela frente do corpo até chegar à ponta da língua.
A energia flui de modo ascendente pelo canal governador e descendente pelo funcional, formando um circuito chamado de Órbita Microcósmica ou Roda da Vida.

A energia flui de modo mais eficaz através de dois procedimentos: o primeiro, contraindo-se o ponto
Hui Yin e segundo, colocando-se a língua no céu da boca, atrás dos dentes.
Estes dois procedimentos permitem que se liguem os canais inferiores ao chacra básico e os canais da parte superior do corpo.
Isto permite que se estimule à circulação do Chi, exercício praticado no Chi Gung, que significa o cultivo da energia e que corresponde no Yoga Tântrico, ao despertar da Kundalini.
Segundo os ensinamentos da Índia, corresponde à energia que se encontra adormecida na base da coluna vertebral, enrolada na forma de serpente e que desperta, se desloca pelo canal central em direção ao chacra da coroa.

Desde o tempo anterior ao nascimento do Cristo, que os mestres taoistas e do Chi Gung fazem experiências no campo da energia sutil, descobrindo como influir positivamente no pensamento e sentimento das pessoas, assim como sobre os diversos sistemas orgânicos e correspondentes energias vitais.
Estas experiências têm sido comprovadas em laboratórios e universidades da China, através de pesquisas químicas e biofísicas realizadas por cientistas e mestres do Chi Gung.

Segundo os taoistas, os íons negativos formam-se pela interação da energia solar com a atmosfera, bem como de partículas cósmicas, raios, ventos, tempestades, etc.
De acordo com estudos científicos, os íons negativos, considerados por alguns como sendo o Chi, são importantes para a saúde humana.
Por exemplo, sua presença nos pulmões favorece a passagem do oxigênio pelas membranas alveolares facilitando sua absorção pelo sangue.
Segundo os Doutores Robert Ornstein e David Sobel, ficou comprovado que os íons negativos promovem um aumento dos níveis de serotonina, que é um neurotransmissor associado a estados de tranqüilidade. Estudos têm demonstrado também a diminuição de íons negativos causados por poluição, ar condicionado, ambientes fechados, edifícios de concreto, campos elétricos criados artificialmente, desflorestamentos, etc.
A importância dos íons negativos é tão grande que hoje já são produzidos e comercializados pela indústria geradores de íons para uso doméstico.

De uma forma mais simples podemos dizer que o Chi é respiração, energia, vitalidade, magnetismo animal, personalidade, vida.

O Chi, segundo os chineses, flui através do corpo ao longo de 12 canais, denominados de meridianos, que por sua vez seguem trajetos que correspondem ao nosso sistema nervoso.
Este sistema de captação energética inclui, além dos meridianos, dois vasos principais que descem pelo centro, um pela frente do corpo e o outro por trás, nas costas, e mais 700 cavidades, que são usadas normalmente na acupuntura.
Destas, quatro são muito importantes e se situam duas nas solas dos pés e duas nas palmas das mãos. Os meridianos são formados por oito vasos e doze canais.
Os vasos são reservatórios de Chi e os canais constituem a comunicação por onde o Chi se desloca de um para outro vaso.

A saúde se fará presente quando estes reservatórios estiverem cheios de Chi e os canais desobstruídos permitindo o livre fluxo do Chi.

A qualidade do ar que respiramos, do alimento que ingerimos, da água que bebemos, além do clima, pensamentos e emoções pode bloquear o livre fluxo do Chi e afetar nossa saúde.

Segundo as observações taoistas, cinco transformações energéticas emanam das interações Yin/Yang. São as 5 Fases Elementais da Energia pelas quais passa o Chi e que também são conhecidas por 5 elementos: madeira, fogo, terra, metal, água.

Simbolicamente representando os elementos físicos da natureza, a madeira corresponde à energia que se desenvolve e gera,
o fogo, a energia que se expande e irradia,
a terra, a energia que está se estabilizando e centrando,
o metal corresponde a energia que se solidifica e contrai e
a água, a energia que se conserva, junta e submerge.

Estes 5 elementos podem ser observados no universo e no corpo humano, onde afetam nossos órgãos: água (rins/bexiga), madeira (fígado/vesícula biliar), fogo (coração/intestino delgado), metal (pulmão/intestino grosso) e terra (pâncreas/baço/estômago).

http://www.kironterapia.com/artigos/artigo_9.htm