Um pouco sobre mim...

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...

15 de mar de 2013

Acupuntura - alguns usos mais comuns:



A Acupuntura é uma técnica que utiliza o estímulo de pontos essenciais do organismo, através da aplicação de agulhas especiais em pontos específicos do corpo, visando atingir o equilíbrio energético (Yin-Yang) e o livre fluxo do Qi (Energia Vital).

Os pontos possuem determinadas funções e, são escolhidos, de acordo com o conjunto de informações presentes no indivíduo, captados durante a primeira visita a um acupunturista.
Esta técnica tornou-se muito popular nos dias de hoje, mesmo entre os médicos convencionais do Ocidente, que a utilizam para tratar sintomas de doenças, bem como prevenir ou curar patologias específicas.
Cada vez mais a Acupuntura tem se mostrado eficiente, sendo indicada nos mais variados casos, como:

Alívio da dor: eficiente no alívio da dor muscular e articular, um dos problemas mais freqüentes da atualidade. A Acupuntura produz um forte efeito analgésico, já comprovado cientificamente.

 Distúrbios emocionais: a Acupuntura é muito útil no tratamento da depressão, ansiedade, insônia, síndrome do pânico, demência, entre outros distúrbios emocionais, equilibrando o organismo e suas funções.

Parto: a Acupuntura tem mostrado eficácia no alívio das dores do parto, bem como dores na coluna, antes ou pós-parto.

Distúrbios menstruais: esta técnica é eficiente em casos de tensão pré-menstrual (TPM), cólicas menstruais, distúrbios no ciclo menstrual, tornando este período menos “sofrido” para algumas mulheres, melhorando a qualidade de vida.

Nenhum comentário: