Um pouco sobre mim...

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...

31 de mar de 2013

O que é a Massagem Shiatsu?

A massagem Shiatsu é uma terapia manual que se originou no Japão, mas a base de sua técnica também recorre às fontes da Medicina Tradicional Chinesa.
A técnica é caracterizada pela pressão (shiatsu) com intensidade leve a moderada, nas áreas afetadas. Utilizando especialmente o polegar e a palma da mão, mas também os cotovelos e
até os joelhos.Geralmente a pressão exercida pelos polegares na massagem é executada nas áreas correspondentes aos pontos de acupuntura da Medicina Chinesa.  
Também são utilizadas técnicas de amassamento, alongamento e mobilização, mas em menor grau. 
Como é uma sessão de Shiatsu
A sessão de Shiatsu tem lugar em um lugar espaçoso, arejado e com pouco
ruído.Para este tipo de massagem não é necessário tirar a roupa, mas vestir roupas confortáveis ​​e não forçar o corpo.  
A sessão ocorre geralmente no chão ou sobre uma esteira.  

Quando o paciente está posicionado corretamente o massagista executa as manobras para liberara a fluidez da energia, chamada de "Chi". 

Isto proporciona uma harmonização da energia e um reconhecimento de problemas potenciais.  
O terapeuta, então, exerce uma pressão suave, mas firme, em áreas que necessitam de tratamento.

O Chi no shiatsu
O chi, segundo a Medicina Tradicional Chinesa, é uma energia vital que flui através do corpo em canais chamados meridianos.  

Quando algo perturba e impede o fluxo dessa energia, ocorre as doenças. 
O shiatsu tentar desbloquear os pontos de congestionamento através da massagem.

No que o Shiatsu pode auxiliar:


O Shiatsu pode ajudar em diferentes tipos de problemas, não só fisicos, mas psicoemocionais.  

Também é um bom método de Medicina Preventiva, porque esta técnica de massagem  estimula o sistema imunológico e o poder de cura natural do corpo humano, que juntos estimulam o equilíbrio global do corpo e da mente. 
Algumas doenças que podem ser tratadas através do Shiatsu

    
Problemas nas costas.
    
Dores de cabeça e enxaqueca.
    
Dor cervical e rigidez de nuca.
    
Ciática.
   
Dor crônica ou aguda.
    
Cólicas menstruais.
   
Constipação e complicações digestivas.
    
Lesões

    Fadiga Crônica.
    
Desequilíbrio emocional.
    
Insônia.
    
Ansiedade.
    
Depressão.
    
Stress.
Contra-indicações da massagem Shiatsu

    
Em gestações após  os três meses.
    
Fraturas recentes.
    
Infecções da pele.
    
Osteoporose.
    
Sangramento.
    
Epilepsia.
    
Varizes.
    
Febre.
Nossas dicas
Não confunda massagem Shiatsu com acupressão.  

A confusão é comum já que ambos têm embasamento com a técnica de meridianos de acupuntura.
O Shiatsu é uma massagem que combina também, como já dissemos, técnicas de massagem com a pressão e o segundo é mais estrito com a pressão dos pontos de  acupuntura.




copiado de En Buenas Manos

tradução livre de Mirhyam COnde Canto

22 de mar de 2013

Como funcionam os florais? (para céticos)

Muitas pessoas me perguntam se é preciso acreditar nos florais para que eles tenham efeito.
A resposta é: não.
Os florais não têm nada a ver com nenhuma crença específica, não são magia (não no senso comum da palavra), não dependem de rituais místicos ou fé.

Os florais são "remédios" energéticos que equilibram a nossa parte mais sutil.

E para tratar o que é sutil é preciso uma ferramenta igualmente sutil.
Não espere encontrar nenhum químico ativo na fórmula floral.
Por isso, algumas fontes tratam os florais como placebo.
Porque ao analisá-los encontram apenas água e conhaque, que é o conservante na maioria das vezes utilizado nas fórmulas.
Amigos, não é por que não temos um equipamento capaz de medir a energia sutilíssima das flores que ela não existe.
É muita prepotência do homem definir aquilo que não consegue explicar como inexistente ou ineficaz.

Se os florais dependessem de crença e fé não teríamos tantos resultados com crianças, animais e plantas.

Um dia teremos ainda muitos estudos que consigam satisfazer a necessidade de quem precisa de números para se sentir seguro.
Eu ainda vou pesquisar com calma para trazer alguns números de estudos aqui para vocês.

O Hospital das Clínicas de Recife oferece a terapia floral gratuitamente para os pacientes com câncer.
Aos poucos estamos conseguindo ganhar espaço no meio científico e acadêmico.

Outra dúvida que sempre surge é sobre o efeito das flores.  

Por que umas pessoas sentem muita melhora e outras não?

Temos duas opções:

a primeira é o erro na indicação das essências.
Se aquelas essências não são as indicadas para o momento do paciente certamente não trarão benefícios, mas também não causarão nenhum efeito contrário.
Por isso, é que não devemos pegar aquela fórmula antiga e refazer sem ter noção se aquelas essências ainda servem para nós.

A outra opção é:
a própria pessoa não se encontra sintonizada com o aprendizado do momento.
Embora para o terapeuta as essências estejam claras, para o próprio sujeito tratado aqueles desafios ainda se encontram escondidos.
No livro Medicina da Alma, temos uma definição bem clara sobre essa relação entre o lado sutil do paciente e a sutileza dos florais:
"A ação do floral é totalmente magnética e etérica, e a resposta dessa atuação é o restabelecimento emocional da pessoa, o que produz efeitos mais ou menos intensos conforme a vibração mento-emotiva de cada um".
Nesses casos, não é preciso desistir do tratamento.
O terapeuta pode trabalhar o autoconhecimento do paciente para que ele se perceba mais e que possa aos poucos, retirando as camadas do ego, chegar ao cerne de suas questões emocionais.

copiado de : http://respostadavida.blogspot.com.br/2011/06/como-funcionam-os-florais-para-ceticos.html

Indico os florais através da Radiestesia!! 
O pêndulo, conectado com a energia do interessado, indica quais os florais mais indicados!!

Essa análise e indicação pode ser feita no consultório, ou através da Internet, bastando enviar o nome e data de nascimento do interessado.

Querendo saber mais detalhes, entre em contato pelo e-mail: mirhyamcanto@uol.com.br

Como funcionam os florais?


Entender como essas gotinhas “mágicas” funcionam é uma curiosidade de muita gente. Eu sempre acreditei desde que tomei pela primeira vez.
Mas garanto que muita gente acha que é apenas um placebo ou coisa do gênero.
Estou lendo o livro Medicina da Alma, de Robson Pinheiro (pelo espírito Joseph Gleber). Segue abaixo a transcrição de trechos reveladores sobre o tema.
Sei que matará a curiosidade de vocês.

Como se pode entender a ação dos remédios florais sobre a saúde, uma vez que para nós, da classe médica, não está explicada satisfatoriamente essa atuação?

(...)
O reino vegetal possui uma forma de energia que é a responsável pelo nascimento e crescimento dos seres desse reino. 

Essa energia ou força vital é absorvida de duas fontes básicas: a energia telúrica, que as raízes absorvem do magnetismo da Terra. 
E a energia vital, que é absorvida através das folhas e que, unida àquela, promove a evolução da vida que se manifesta na planta.

Assim como o homem possui um duplo de natureza etérica, as plantas também o possuem, e isso é de fácil observação por parte de meus irmãos, sendo esse duplo, do plano eletromagnético, a verdadeira essência do reino vegetal.

Nas plantas, as flores são a parte mais sutil e evoluída, concentrando-se nelas todo o energismo do fluido vital. 

É a flor o órgão de fertilidade na planta, por concentrar nela a essência sublimada de toda a energia vegetal, sendo o máximo da expressão evolutiva nesse reino da natureza.

A energia eletromagnética e o fluido vitalizante são canalizados, por processos naturais, para o delicado tecido floral, as pétalas. 

Quando se realiza a preparação das essências, os raios solares filtrados através das pétalas transmutam as energias etéricas das plantas e o alto padrão magnético encontrado nas flores, que já trazem seu magnetismo próprio, misturam-se às propriedades da energia solar, combinando diversas reações moleculares, na constituição etérica do medicamento.

Ao serem os florais ministrados às pessoas, o quantum energético das flores promove a interação das energias do soma e do duplo etérico, passando pela corrente sanguínea e atuando logo em seguida, nas células nervosas, produzindo uma reação em cadeia que atinge os estados emocionais por intermédio dos chacras.

Após atingir o sistema de distribuição energética entre os diversos chacras, o fluido vital atua nos meridianos, e destes é transferida a sua ação, de forma mais intensa, para as camadas, mais materializadas do psicossoma ou períspirito, no fenômeno conhecido como repercussão vibratória. 

A ação do floral é totalmente magnética e etérica, e a resposta dessa atuação é o restabelecimento emocional da pessoa, o que produz efeitos mais ou menos intensos conforme a vibração mento-emotiva de cada um. 
Esse processo que descrevemos é realizado de maneira rápida, embora a dificuldade de observação por parte de meus irmãos.

Desse modo atuam os medicamentos, em bases vibracionais, elevando o padrão magnético de quem os utiliza, formando o clima emocional, energético e psicológico necessário para o restabelecimento da saúde.

Trecho do livro Medicina da Alma, pelo esírito Joseph Gleber, psicografado por Robson Pinheiro- Editora Casa dos Espíritos.

Para obter mais algumas explicações, leia também: Como funcionam os florais? (para céticos) 


copiado de http://respostadavida.blogspot.com.br/2008/01/como-funcionam-os-florais.html

Indico os florais através da Radiestesia!! 

O pêndulo, conectado com a energia do interessado, indica quais os florais mais indicados!!

Essa análise e indicação pode ser feita no consultório, ou através da Internet, bastando enviar o nome e data de nascimento do interessado.

Querendo saber mais detalhes, entre em contato pelo e-mail: mirhyamcanto@uol.com.br

Demonstrando a Análise Radiestésica para detectar carências minerais e indicar a Reposição (Oligoterapia) via derme

Apesar do nervosismo... 1ª vez na TV, consigo demonstrar como faço a Detecção dos minerais que estão carentes no metabolismo do interessado!!
Dessa maneira associei 2 técnicas - a Radiestesia e a Oligoterapia !! 
Atendendo no Tatuapé (presencialmente), ou todo o Brasil (através da Internet - troca de e-mails) !! 
 
 O tipo de Oligoterapia (Ortomolecular via derme) que eu indico é determinado pela Radiestesia e pode ser feita pela Internet ou presencialmente em meu consultório no Tatuapé.
Portanto, apesar da distância, a pesquisa pode ser feita exclusivamente para o interessado.


A 1ª consulta - ANÁLISE DAS CARÊNCIAS DE MINERAIS ATRAVÉS DA RADIESTESIA pode ser feita pela Internet, através do e-mail  , onde irei precisar de seu nome e data de nascimento ou então uma foto (para captar a sua energia e fazer a análise através da Radiestesia).
Essa ANÁLISE  inclui a pesquisa, questionário, relatório das carências minerais  e o cálculo do valor do suplemento individualizado.

Detalhando cada passo dessa primeira etapa - a ANÁLISE:

Pesquisa: Através da Radiestesia - pela energia do cliente, captadas pelos dados enviados, através do pêndulo, “descubro” quais os minerais que faltam no organismo e que podem ser repostos.

Questionário: Simultaneamente entrego (ou envio por e-mail) um questionário (6 páginas) para que o cliente marque quais são os seus sintomas (marcar na coluna do meio).
Quando esse questionário retornar, Quando você me re-enviar os questionários assinalados, realçarei neles os minerais que já havia encontrado e que irão suprir as suas deficiências e também te enviarei o relatório.

Relatório: correlacionando o estudo do Dr. Menetrier (Diáteses), a disfunção orgânica apresentada e as carências minerais - explicando para quais sintomas cada mineral é útil. 
E por último o ...

Cálculo do valor do suplemento

Adquirindo o suplemento (Oligoterapia propriamente dita) 

-1)   valor integral depositado na minha conta corrente com 10% de desconto 

-2) valor integral pago através do PagSeguro (valor pode ser dividido em 3 parcelas)

Após a confirmação do depósito do valor total do suplemento ou a confirmação do pagamento pelo PagSeguro, manipulo o(s) gel(is) com os minerais necessários para o cliente e faço o envio. 

Prazo de Entrega do Suplemento:
prazo de entrega do suplemento ao cliente varia de acordo com a Localidade  - prazo de entrega do Correio

Forma de uso: A aplicação do suplemento é muito simples:
Aplicar no pulso um pouco do gel (tamanho de um botão), uma vez ao dia - friccionando um pulso no outro  ao acordar (se for um só gel) ou duas vezes - ao acordar e ao deitar (no caso de 2 géis).
A aplicação deve ser diária e o suplemento dura aproximadamente 3 a 4 meses.
A validade do suplemento é de 5 meses.

Possíveis dúvidas:

1) Qual é a natureza dos produtos que fazem parte da Oligoterapia que proponho?
Os produtos (gel neutro acrescido dos minerais oligoelementos catalíticos) são classificados como nutrientes, que por sua vez, são de venda livre no mercado:


Gel neutro ionizável (um gel específico onde serão acrescentados os Sigols (solução ionizável de oligoelemento - tópicos), de acordo com a necessidade de cada pessoa, conforme indicação profissional.
Gel não-alcóolico, não oleoso, com ph neutro, com textura ideal e com rápida absorção pela pele)

SIGOLS (No nome SIGOL, o S é de solução, o I de ionizável, G de gliceroaquosa, Ol de oligoelemento - para ser usado nos procedimentos estéticos  ou de terapias alternativas (holísticas) que necessitem do oligoelemento, de acordo com indicação do profissional.)
Utilizo os oligoelementos da Rentco (com registro no Ministério da Saúde):
SIGOLS: Soluções iônicas glicero-aquosas dos oligoelementos : Boro, Cálcio, Cobalto, Cobre, Cobre-Ouro-Prata, Cromo, Enxôfre, Ferro, Fósforo, Germanio, Iodo, Lítio, Magnésio, Manganês, Manganês-Cobalto,Manganês-Cobre, Potássio, Selênio, Silício, Zinco-Cobre, Zinco-Niquel-Cobalto.


2) Qual é o tempo que leva para sentir uma melhora?
O tempo médio para começar aperceber uma melhora na qualidade de vida gira em torno de2 a 3 semanas, mas a consolidação do estado de saúde acontece ao redor de três a quatro meses, e em casos mais graves pode levar mais tempo (sempre variando de pessoa para pessoa).
Não se trata de algo milagroso, mas a suplementação tem como foco restabelecer bioquimicamente as necessidades do organismo.

 Retorno:
Após o uso do suplemento, deve ser avaliada as condições físicas, metabólicas e emocionais, pois acontece um re-arranjo no metabolismo, sendo é interessante uma nova avaliação, após 6 meses, para verificar a evolução terapêutica do cliente.

Qualquer outra dúvida me escreva pelo e-mail: mirhyamcanto@uol.com.br ou pelo Facebook: https://www.facebook.com/paginadramirhyamcondecanto ou ligue (11)  2296-9255 ou (11) 98489-3858


Muita Luz e Paz em seu caminho

Dra. Mirhyam Conde Canto

21 de mar de 2013

Indicação de Oligoterapia (Ortomolecular via derme) pela Internet

A função principal da Oligoterapia é restabelecer o equilíbrio físico e emocional, aumentando as defesas imunológicas, equilibrando o nível das vitaminas e sais minerais e em conseqüência, combater o estresse físico, mental e emocional. 
É uma terapia rápida e segura. 
Trata-se de cuidar do cliente em seu aspecto físico e metabólico.
O tipo de Oligoterapia (Ortomolecular via derme) que eu indico é determinado pela Radiestesia e pode ser feita pela Internet.
Portanto, apesar da distância, a pesquisa pode ser feita exclusivamente para o interessado.


A 1ª consulta - ANÁLISE DAS CARÊNCIAS DE MINERAIS ATRAVÉS DA RADIESTESIA pode ser feita presencialmente em meu consultório no Tatuapé ou pela Internet, através do e-mail  , onde irei precisar de seu nome e data de nascimento ou então uma foto (para captar a sua energia e fazer a análise através da Radiestesia).
Essa ANÁLISE tem o custo de R$80,00 pagos por depósito antecipado (Ref. nov/2015).
Esse valor inclui a pesquisa, questionário, relatório das carências minerais  e o cálculo do valor do suplemento individualizado.


Detalhando cada passo dessa primeira etapa - a ANÁLISE:

Pesquisa: Através da Radiestesia - pela energia do cliente, captadas pelos dados enviados, através do pêndulo, “descubro” quais os minerais que faltam no organismo e que podem ser repostos.

Questionário: Simultaneamente entrego (ou envio por e-mail) um questionário (6 páginas) para que o cliente marque quais são os seus sintomas (marcar na coluna do meio).
Quando esse questionário retornar, Quando você me re-enviar os questionários assinalados, realçarei neles os minerais que já havia encontrado e que irão suprir as suas deficiências e também te enviarei o relatório.

Relatório: correlacionando o estudo do Dr. Menetrier (Diáteses), a disfunção orgânica apresentada e as carências minerais - explicando para quais sintomas cada mineral é útil. 
E por último o ...

Cálculo do valor do suplemento

Adquirindo o suplemento (Oligoterapia propriamente dita) 

-1)   valor integral depositado na minha conta corrente com desconto de 10% do valor

-2) valor integral pago através do PagSeguro (o valor pode ser dividido em 3 parcelas)

Após a confirmação do depósito do valor total do suplemento ou a confirmação do pagamento pelo PagSeguro, manipulo o(s) gel(is) com os minerais necessários para o cliente e faço o envio. 

Prazo de Entrega do Suplemento:
prazo de entrega do suplemento ao cliente varia de acordo com a Localidade  - prazo de entrega do Correio

Forma de uso: A aplicação do suplemento é muito simples:
Aplicar no pulso um pouco do gel (tamanho de um botão), uma vez ao dia - friccionando um pulso no outro  ao acordar (se for um só gel) ou duas vezes - ao acordar e ao deitar (no caso de 2 géis).
A aplicação deve ser diária e o suplemento dura aproximadamente 3 meses.
A validade do suplemento é de 5 meses.

Possíveis dúvidas:

1) Qual é a natureza dos produtos que fazem parte da Oligoterapia que proponho?
Os produtos (gel neutro acrescido dos minerais oligoelementos catalíticos) são classificados como nutrientes, que por sua vez, são de venda livre no mercado:


Gel neutro ionizável (um gel específico onde serão acrescentados os Sigols (solução ionizável de oligoelemento - tópicos), de acordo com a necessidade de cada pessoa, conforme indicação profissional.
Gel não-alcóolico, não oleoso, com ph neutro, com textura ideal e com rápida absorção pela pele)

SIGOLS (No nome SIGOL, o S é de solução, o I de ionizável, G de gliceroaquosa, Ol de oligoelemento - para ser usado nos procedimentos estéticos  ou de terapias alternativas (holísticas) que necessitem do oligoelemento, de acordo com indicação do profissional.)
Utilizo os oligoelementos da Rentco (com registro no Ministério da Saúde):
SIGOLS: Soluções iônicas glicero-aquosas dos oligoelementos : Boro, Cálcio, Cobalto, Cobre, Cobre-Ouro-Prata, Cromo, Enxôfre, Ferro, Fósforo, Germanio, Iodo, Lítio, Magnésio, Manganês, Manganês-Cobalto,Manganês-Cobre, Potássio, Selênio, Silício, Zinco-Cobre, Zinco-Niquel-Cobalto.


2) Qual é o tempo que leva para sentir uma melhora?
O tempo médio para começar aperceber uma melhora na qualidade de vida gira em torno de2 a 3 semanas, mas a consolidação do estado de saúde acontece ao redor de três a quatro meses, e em casos mais graves pode levar mais tempo (sempre variando de pessoa para pessoa).
Não se trata de algo milagroso, mas a suplementação tem como foco restabelecer bioquimicamente as necessidades do organismo.

 Retorno:
Após o uso do suplemento, deve ser avaliada as condições físicas, metabólicas e emocionais, pois acontece um re-arranjo no metabolismo, sendo é interessante uma nova avaliação, após 6 meses, para verificar a evolução terapêutica do cliente.

Qualquer outra dúvida me escreva pelo e-mail: mirhyamcanto@uol.com.br , ou  pelo Facebook: https://www.facebook.com/paginadramirhyamcondecanto ou 
ligue (11)  2296-9255 ou (11) 98489-3858


Muita Luz e Paz em seu caminho

Dra. Mirhyam Conde Canto

18 de mar de 2013

Stress, Ansiedade, Pânico??? Pode ser carência de Cromo!!


Fadiga, acne, infertilidade? Pode ser carência de Cobre!!


Vertigens, Anemia, Enxaqueca??? Pode ser carência de Cobalto!!


TPM, Insônia, Osteoporose, dores articulares?? Pode ser falta de Cálcio!!


Hipertensão, Obesidade, Falta de memória???


Faringite, dores de Garganta????

Pode ser falta de BISMUTO!!!!


Saúde via derme


Carências Minerais e vida agitada


15 de mar de 2013

Quem for a favor curte e compartilha a idéia!!


A Prática da Terapia Holística e Integrativa


Muitos dos tratamentos tradicionais de cura estão lentamente sendo adotados pela medicina convencional.
A maioria destas práticas ter sido usadas por milhares de anos, mas ainda não foram estudadas pela medicina científica.

Os praticantes da terapia holística são aqueles que usam métodos naturais para ajudar a restaurar o processo de cicatrização no corpo.
Há muitos tipos diferentes de terapias  holísticas  referida as vezes como terapia alternativa.
Essas práticas não são necessariamente validadas por estudos da medicina ocidental. Isso é não implica que elas não são válidas.
Significa simplesmente que eles ainda não foram estudadas.

Curiosamente a arte da cura, chamada de medicina evoluiu ao nível do clã.
O chamado curandeiro era o principal agente de cura para a tribo.

A definição de terapia holística é a base da filosofia de cura.
Isto inclui muitas das tradições associadas com a promoção, proteção e recuperação da saúde do corpo.
Muitas dessas práticas têm desenvolvido métodos muito sofisticados para tratar os pacientes.
 
Outra forma alternativa de terapia holística são as massagens.
Há muitos tipos diferentes de massagens terapêuticas para doenças diferentes.
Estes tipos de tratamento são usados para reduzir a rigidez, as dores e o desconforto encontrados nos tecidos moles e músculos.

A utilização de pontos de acupuntura é outra prática tradicional originária da China.
Os antigos pontos de acupuntura da Medicina Chinesa sempre foram usados para estimular e restaurar a saúde do corpo.
A Acupuntura utiliza agulhas pequenas inseridas nos acupontos.
O uso de agulhas é indolor pois os pontos de acupuntura não tem terminações nervosas. A Acupressão (Do-in) é uma outra forma alternativa de estimulação dos pontos de acupuntura.
Há uma consolidação e integração de muitas dessas práticas holísticas em práticas médicas ocidentais.
O ponto de vista holístico olha para o corpo como um sistema completo. Isso é importante para encontrar o equilíbrio certo.

A principal desvantagem dessas práticas holísticas é simplesmente a falta de comprovações científicad documentadas através dos estudos médicos ocidentais.
A maioria dos estudos médicos são financiados por empresas que esperam lucrar com um tratamento benéfico baseado em drogas (medicamentos).
Uma das tendências mais importantes para validar as práticas  holísticas é a aceitação por parte da PREVENÇÃO!!



http://www.buzzle.com/articles/the-practice-of-holistic-medicine.html

tradução livre

Acupuntura - visão de Osho


A acupuntura é completamente oriental.
Assim quando você aborda qualquer ciência oriental com a mente ocidental você esquece muitas coisas.
A sua completa abordagem é diferente: é metodológica, é lógica, analítica.
E estas ciências orientais não são verdadeiramente ciências, mas arte.
Toda a coisa depende de se você pode mudar a energia do intelecto para a intuição, se você pode mudar do masculino para o feminino, do yang para o yin; da abordagem ativa, agressiva.

Você pode se tornar passivo, receptivo?

Somente assim estas coisas funcionam; de outra forma você pode aprender tudo sobre acupuntura e isto não será acupuntura de jeito nenhum.
Você saberá tudo sobre ela, mas não ela.
E algumas vezes acontece que a pessoa pode não conhecer muito sobre ela e conhecê-la, mas então é uma habilidade - apenas um insight nela.
O ocidente torna-se interessado em uma coisa oriental - elas são profundas, mas então ele a traz para a sua própria mente para entendê-la.
No momento que a mente ocidental entra nela, a própria base dela é destruída.
Então somente fragmentos são deixados, e estes fragmentos nunca funcionam.
E não é que a acupuntura não funciona, a acupuntura pode funcionar, mas ela pode funcionar somente em uma abordagem oriental.
Assim se você quer realmente aprender acupuntura é bom saber sobre ela, mas lembre-se que isto não é a coisa mais essencial.
Aprenda toda informação que está disponível, então esqueça todas as informações e comece apalpando no escuro.
Comece escutando a sua própria consciência, comece se sentindo em harmonia com o cliente.
É diferente...
Quando um paciente vem a um médico ocidental, o médico ocidental começa raciocinando, diagnosticando, analisando, encontrando onde a doença está, qual é a doença e o que pode curá-la.
Ele usa uma parte de sua mente, a parte racional.
Ele ataca a doença, ele começa conquistá-la: uma luta começa entre a doença e o médico.
O paciente está na verdade fora do jogo - o médico não se preocupa com o paciente.
Ele começa a lutar com a doença - o paciente é totalmente negligenciado.
Quando você chega a um acupunturista a doença não é importante, o paciente é importante, porque é o paciente quem criou a doença; a causa está no paciente, a doença é somente um sintoma.
Você pode mudar o sintoma e outro sintoma chegará.
Você pode impedir esta doença com drogas, você pode parar a sua expressão, mas então a doença irá se afirmar a si mesma em outro lugar e com mais perigo, mais força, como uma vingança.
A próxima doença será mais difícil de tratar do que a primeira.
Você usa drogas nesta também, então a terceira doença será inclusive mais difícil.
É assim que a alopatia criou o câncer.
De um lado você continua forçando a doença para baixo, ela se afirma de outro lado, então você a força daquele lado - a doença começa a ficar com muita, muita raiva.
E você não muda o paciente, o paciente permanece o mesmo; assim porque a causa existe, a causa continua criando o efeito.
A acupuntura lida com a causa.
Nunca trabalhe com o efeito, sempre vá para a causa.
E como você pode ir até a causa?
A razão não pode ir até a causa - a causa é muito grande para a razão - ela pode lidar somente com o efeito.
Somente a meditação pode ir até a causa.
Então o acupunturista irá sentir o paciente.
Ele esquecerá o seu conhecimento, ele apenas tentará entrar em sintonia com o paciente.
Ele irá se sentir em comunicação; ele começará a sentir uma conexão com o paciente.
Ele começará sentindo a doença do paciente em seu próprio corpo, em seu próprio sistema energético.
Este é o único jeito para ele saber intuitivamente onde a causa está, porque a causa está escondida.
Ele se tornará um espelho e ele encontrará o reflexo em si mesmo.
Este é todo o processo dela, e isto não está sendo ensinado porque isto não pode ser ensinado.
Realmente vale a pena aprendê-la, assim a minha sugestão é, primeiro aprenda no ocidente por dois anos, então por pelo menos seis meses vá a algum país do extremo oriente e fique com um acupunturista.
Apenas esteja em sua presença - apenas deixe-o trabalhar e observe.
Somente absorva a sua energia e então você será capaz de fazer alguma coisa; de outro modo será difícil.
E se você começar a sentir a sua própria energia mais e mais, ou o trabalho dela em seu próprio corpo, a acupuntura não permanecerá somente uma técnica, ela se tornará um instrumento.
E ela é um insight - você pode aprender a técnica e nada virá dela - é mais uma intuição do que uma arte.
Isto é uma das coisas mais difíceis a respeito das técnicas antigas: elas não são científicas e se você as aborda com uma perspectiva científica você pode aprender algum detalhe, mas a maior parte será perdida.
E tudo o que você será capaz de aprender não será muito e isto será frustrante.
Toda abordagem antiga era totalmente diferente: ela não era lógica de forma alguma, era mais feminina, mais intuitiva, mais ilógica.
Não se pensava em silogismo do modo que a mente científica pensa; ao invés disto estava-se em profunda participação com a existência - mais como num estado onírico, em um transe, e permitindo que a natureza liberasse seus segredos e mistérios.
Não era uma agressão à natureza...
Mas no máximo uma persuasão.
E a abordagem era do interior.
Deve-se abordar o próprio corpo a partir do núcleo mais interno.
Estes setecentos pontos não eram percebidos objetivamente, eles eram percebidos em profunda meditação.
Quando se vai profundamente para dentro e se olha de dentro - uma tremenda experiência ocorre - pode-se ver todos os pontos da acupuntura envolvendo a si mesmo, como se a noite estivesse cheia de estrelas.
E quando você viu estes pontos de energia, somente então você está pronto.
Agora você tem uma compreensão interior e simplesmente tocando o corpo de outra pessoa você será capaz de sentir onde a energia do corpo está faltando e onde não está; onde ela está se movendo e onde não está se movendo; onde está frio e onde está quente; onde está vivo e onde morreu.
Existem pontos nos quais ela responde e existem pontos nos quais ela não responde de forma alguma.
Você será capaz de conhecer a acupuntura somente na medida em que você se tornou capaz de conhecer a si mesmo e quando ambos coincidem existe uma grande luz.

Nesta luz você pode ver tudo - não somente a respeito de si mesmo mas a respeito do corpo dos outros.
Uma nova visão surge como se um terceiro olho fosse aberto.
A acupuntura não é uma ciência, mas uma arte e toda arte demanda uma profunda entrega.
Não é como qualquer outra técnica que um técnico pode manipular.
Ela precisa de todo o seu coração.
Você tem que esquecer a si mesmo, como um pintor se esquece enquanto pinta, ou um poeta se esquece enquanto compõe, ou um músico se esquece enquanto toca.
Ela é este tipo de coisa.
Um técnico pode praticar acupuntura, mas ele nunca será exatamente o que é necessário.
Ele nunca será aquilo.
Ele pode ajudar algumas poucas pessoas, mas a acupuntura é uma grande arte, uma grande habilidade.
Ela tem que ser absorvida.
O segredo é a entrega: se você puder entregar-se totalmente, ela se tornará uma devoção, uma dedicação.
Entre nela, entre com todo o coração, com alegria.
Comece a ficar por conta própria.
E você terá que achar o seu próprio jeito.
A acupuntura é um jeito e uma arte, e não existe nenhuma necessidade de seguir alguém como uma regra.
Não existem regras.
Regras não existem, só insights.
Assim comece trabalhando por conta própria...
No começo você sentirá um pouco de insegurança e você se preocupará muitas vezes se está fazendo a coisa certa ou não. Mas é como alguém tem que começar.
É um tipo de apalpar no escuro.
Mais cedo ou mais tarde você encontrará a porta.
Uma vez que você começou a encontrar a porta então menos e menos tatear no escuro será necessário.
Então você conhece a porta.
Comece trabalhando!
Quando você toca o corpo de alguém ou trabalha com agulhas, você está trabalhando em Deus.
Tem-se que ser muito respeitoso.
Tem-se que trabalhar não a partir do conhecimento, mas a partir do amor.
O conhecimento nunca é adequado, ele não é suficiente.
Então se preocupe com a pessoa.
E sempre se sinta inadequado, porque o conhecimento é limitado e a outra pessoa é um mundo inteiro, quase infinito...
As pessoas o tocam, mas elas nunca tocam você.
Elas tocam somente a periferia e você está lá em algum lugar no fundo, no centro, onde ninguém entra exceto o amor.
O homem é um mistério e continuará permanecendo um mistério para sempre.
O mistério é o seu próprio ser.



Fonte: Livro – Osho, O livro da cura
Tradução: Sw Dhyan Yukti
Editora: Shanti

Acupuntura - alguns usos mais comuns:



A Acupuntura é uma técnica que utiliza o estímulo de pontos essenciais do organismo, através da aplicação de agulhas especiais em pontos específicos do corpo, visando atingir o equilíbrio energético (Yin-Yang) e o livre fluxo do Qi (Energia Vital).

Os pontos possuem determinadas funções e, são escolhidos, de acordo com o conjunto de informações presentes no indivíduo, captados durante a primeira visita a um acupunturista.
Esta técnica tornou-se muito popular nos dias de hoje, mesmo entre os médicos convencionais do Ocidente, que a utilizam para tratar sintomas de doenças, bem como prevenir ou curar patologias específicas.
Cada vez mais a Acupuntura tem se mostrado eficiente, sendo indicada nos mais variados casos, como:

Alívio da dor: eficiente no alívio da dor muscular e articular, um dos problemas mais freqüentes da atualidade. A Acupuntura produz um forte efeito analgésico, já comprovado cientificamente.

 Distúrbios emocionais: a Acupuntura é muito útil no tratamento da depressão, ansiedade, insônia, síndrome do pânico, demência, entre outros distúrbios emocionais, equilibrando o organismo e suas funções.

Parto: a Acupuntura tem mostrado eficácia no alívio das dores do parto, bem como dores na coluna, antes ou pós-parto.

Distúrbios menstruais: esta técnica é eficiente em casos de tensão pré-menstrual (TPM), cólicas menstruais, distúrbios no ciclo menstrual, tornando este período menos “sofrido” para algumas mulheres, melhorando a qualidade de vida.

Cólicas - cuide com Acupuntura!!


13 de mar de 2013

Veja como o Dr. Bach descobriu as suas essências florais.



Dr. Edward Bach nasceu em 24 de setembro de 1886, em Moseley, um vilarejo perto de Birmingham, Inglaterra.
Com 17 anos alistou-se no Corpo de Cavalaria de Worcestershire, onde pode liberar mais seu amor pelos animais e passar algum tempo em contato com a natureza.
Nesta época já não se conformava com os tratamentos paliativos que seus colegas trabalhadores recebiam, e acreditava haver um meio de curar realmente, inclusive as doenças tidas como incuráveis.
Com 20 anos entrou na Universidade de Birmingham.
Finalizou os estudos com o treinamento prático no "University College Hospital" em Londres, em 1912.
Além dos diplomas e títulos que obteve ao se formar, recebeu também os títulos de Bacteriologista e Patologista, em 1913, e o diploma de Saúde Pública, em 1914.


Hemorragia em 1917

Neste ano, foi rejeitado para servir na Guerra fora do país, provavelmente por sua saúde frágil.
Entretanto, ficou responsável por 400 leitos no "University College Hospital", com o trabalho no Departamento de Bacteriologia e também como Assistente Clínico do Hospital da Escola de Medicina (período de 1915 a 1919).
Trabalhou incansavelmente mesmo não sentindo-se bem, e, após avisos constantes de pré-estafa não respeitados, teve uma severa hemorragia em julho de 1917.
Submetido a uma cirurgia de urgência, foi-lhe comunicado que talvez não tivesse mais que três meses de vida.

O início das descobertas

No entanto, sentindo uma melhora, reuniu suas forças e foi para o laboratório trabalhar. Passou a dedicar-se à pesquisa dia e noite.
Além de não pensar na doença por ter a sua mente ocupada, voltar a trabalhar em função do objetivo da sua vida lhe trazia energia para prosseguir.
Em pouco tempo estava totalmente recuperado.
Passou a ser cada vez mais conhecido pelas suas descobertas no campo da bacteriologia. Trabalhou em tempo integral para o "University College Hospital", e depois como bacteriologista do "London Homeopathic Hospital", permanecendo lá até 1922.

Foi nesta situação que conheceu a Doutrina de Hahnemann e seu livro básico: o "Organon da Arte de Curar", escrito mais de cem anos antes do seu tempo.
Descobriu a genialidade de Hahnemann, que curava mais guiado pelos sintomas mentais que pelos físicos.

Os Nosódios de Bach

Em 1926, publica com C.E. Wheeler o "Cronic Disease.A Working Hypothesis".
Nesta época, os nosódios intestinais, já conhecidos como Nosódios de Bach, eram utilizados em toda Grã-Bretanha e também em vários outros países.
Bach começou então tentar substituir os nosódios por medicamentos preparados com plantas, e foi a esta altura que optou pelo sistema homeopático de diluição e potencialização, duas flores que trouxe de Gales, em 1928.
Estas plantas eram Impatiens e Mimulus.
Pouco depois também utilizou Clematis.
Os resultados foram encorajadores.
Também nesta época começou a separar os indivíduos por grupos de semelhança de comportamento, como se sofressem do mesmo problema.
Ele mesmo conta que isto aconteceu, depois que foi em uma festa, e ficou em um canto observando as pessoas quando teve um insight.
Bach imaginou que deveria existir um medicamento que aliviasse este sofrimento comum a cada grupo de indivíduos.
Em 1930, resolveu largar toda sua rendosa atividade em Londres, o consultório da Harley Street e os laboratórios, para buscar na natureza este sistema de cura que idealizara desde pequeno, e que sentia estar próximo dele.
Tinha, então, 44 anos.
Partiu para Gales.
Ao chegar, descobriu que levara por engano uma mala com calçados no lugar de uma com o material necessário para o preparo de medicamentos homeopáticos: almofariz, vidros, etc.
Isto acabou impulsionando-o mais rapidamente na direção da descoberta de um novo sistema de extrair as virtudes medicamentosas das plantas.
A homeopatia não estava longe, mas não era exatamente o que procurava.
Deixou, portanto, a fama, o conforto e um lugar de destaque na sociedade médica londrina.
Antes de ir, queimou tudo o que já tinha escrito até então e deixou o resto do trabalho para ser concluído pelos colegas e auxiliares que trabalhavam com ele.
A maioria dos colegas o condenou.
Foi, no entanto, encorajado pelo Dr. John Clark, diretor do Homeopathic World, um jornal médico homeopático, que colocou seu periódico à disposição para que Bach publicasse suas descobertas.
Esta oportunidade foi totalmente aproveitada por Bach.
No outono de 1935, descobriu Mustard, o último dos 38 florais.
Morreu dormindo em 27 de novembro de 1936 (de parada cardíaca com 50 anos de idade) em sua casa em Monte Vernon, Grã Bretanha.

As Essências Florais no Mundo de Hoje

O uso de flores e plantas no tratamento humano é muito antigo.
Pesquisas indicam que as flores já eram utilizadas com este objetivo antes de Cristo.
Os aborígines australianos comiam a flor inteira para obter os seus efeitos, tanto os egípcios, como os africanos e os malaios já faziam uso delas tratar dos desequilíbrios emocionais.
Há registros de que no século XVI Paracelsus já utilizava as essências florais para tratar de desequilíbrios emocionais em seus pacientes.
Nos anos 30, o Dr. Edward Bach queria as essências florais nas casas das pessoas, onde a mãe pudesse indicar o melhor floral para o seu filho.
Hoje, passados 90 anos, a Terapia Floral está se consolidando, a cada dia, nos consultórios dos terapeutas, psicólogos, médicos, etc do mundo inteiro.
As essências florais são consideradas remédios homeopáticos nos EUA.
A Inglaterra tem rígidos padrões de qualidade com os seus remédios.
E, assim é em vários países do mundo.
No Brasil, os as essências florais surgiram nos anos 80 e se intensificaram nos anos 90 e são consideradas complementos alimentares.
Como se vê, é um mercado muito novo, em expansão no mundo inteiro.
Os brasileiros são muito receptivos a este tipo de tratamento natural, sem contra indicações e sem efeitos colaterais.


copiado de http://www.florais.com.br/si/site/1004/p/A%20Hist%C3%B3ria%20de%20Bach

Indico os florais através da Radiestesia!! 

O pêndulo, conectado com a energia do interessado, indica quais os florais mais indicados!!

Essa análise e indicação pode ser feita no consultório, ou através da Internet, bastando enviar o nome e data de nascimento do interessado.

Querendo saber mais detalhes, entre em contato pelo e-mail: mirhyamcanto@uol.com.br

5 de mar de 2013

Reiki - posições

Lembrando - Reiki nivel I dias 11 e 18 de Março e
Reiki nivel II dias 25 e 1º de Abril - das 13:00 às 17:00 hs