Um pouco sobre mim...

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...

22 de jun de 2012

Suplementação de minerais via derme!!



Segundo as particularidades de cada cliente, as carências detectadas pelo exame radiestésico possibilita a manipulação da suplementação individualizada que será utilizada diariamente pelo cliente, através da aplicação do gel nos pulsos!!

Para facilitar, manipulo um gel contendo os principais minerais que auxiliarão na diminuição dos seus sintomas.(INDIVIDUALIZADO)


Esse método foi pesquisado e desenvolvido por mim associando a Medicina Funcional com a detecção das carências através da Radiestesia.

Técnica pesquisada e embasada nos princípios de Menetrier (Medicina das Funções) e associada com a detecção das Carências através da Radiestesia, que indica de forma INDIVIDUALIZADA a suplementação de minerais necessária ao cliente. 


Essa suplementação é em forma de gel, aplicada diariamente (Produto Homecare) nos pulsos e friccionada para que os minerais penetrem na corrente sanguínea de forma precisa, simples e sem efeitos colaterais. 

Atendendo presencialmente no meu Espaço terapêutico e por troca de e-mails  e envio da suplementação via Correio para todo o Brasil. 


Mais informações pelo e-mail: mirhyamcanto@uol.com.br 
ou por mensagem pelo Facebook: https://www.facebook.com/paginadramirhyamcondecanto

Sintomas causados pelas carências dos minerais:


Cálcio: Cãibras, bruxismo, queda de cabelos, unhas frágeis e quebradiças, dentes frágeis e cáries freqüentes, Síndrome de pernas inquietas, insônia, arritmias cardíacas e palpitações, osteoporose e alteração da coagulação.

Magnésio: Tremores musculares, cãibras, zumbidos, tendência para intestino preso, bruxismo, parestesias (formigamento) dos braços e/ou pernas principalmente pela manhã, arritmias e palpitações.

Zinco: Acne, letargia, apatia, diminuição da memória, dificuldade de concentração, queda de cabelos, unhas frágeis, quebradiças e com mancha branca, diminuição do olfato, paladar e audição, zumbidos, dificuldade de ereção, oligospermia, irregularidades menstruais.

Cobre: Dores articulares, fraqueza muscular, fadiga, edema (inchaço) nos tornozelos e pulsos, queda de cabelos.

Potássio: Polidipsia, apatia, letargia, cansaço fácil, arritmias cardíacas e palpitações, tendência a intestino preso, alteração do turgor da pele, cãibras.

Ferro: Fadiga fácil, cansaço, anemia hipocrômica, edema de tornozelos que piora com a posição ortostática durante o dia, cefaleia, tonturas, queilite, taquicardia e palpitação.

Manganês: Andar cambaleante, deficiência de coordenação motora, perda de equilíbrio, diminuição da audição.

Cromo: Alteração do metabolismo dos carboidratos, sudorese noturna, sono agitado com pesadelos, pânico e fobias, diminuição da capacidade de concentração e memorização, extremidades trêmulas e frias, dor de cabeça tipo enxaqueca.

Selênio: Fraqueza muscular, mialgias, queda de cabelos, dermatites de pele e couro cabeludo, dermato-micoses, monilíase vaginal, micoses de repetição com aumento da freqüência de dermatite seborreica.

Iodo: Aumento do peso corporal, fadiga, cansaço fácil, apatia, embotamento, pele seca e áspera, massa ou nódulo em mamas, bócio ou massa palpável em tireoide.

Fósforo: Diminuição da memória, atenção e concentração, fadiga e cansaço fácil, perda de iniciativa (desiste fácil), respiração curta com dificuldade, edema (inchaço) de tornozelos, dores articulares com limitação funcional.


Lítio: Depressão, insônia, dores musculares tensionais, aumento dos sintomas da menopausa.

Desenvolvi um método associando a Medicina Funcional (Oligoterapia) com a detecção das carências através da Radiestesia.
Técnica pesquisada e embasada nos princípios de Menetrier (Medicina das Funções) e associada com a detecção das Carências através da Radiestesia, que indica de forma INDIVIDUALIZADA a suplementação de minerais necessária ao cliente. 

Essa suplementação é em forma de gel, aplicada diariamente (Produto Homecare) nos pulsos e friccionada para que os minerais penetrem na corrente sanguínea de forma precisa, simples e sem efeitos colaterais. 

Faço a análise das carências minerais presencialmente no meu Espaço terapêutico ou à distância (por troca de e-mail)  e envio da suplementação via Correio para todo o Brasil.
 
Mais informações pelo e-mail: mirhyamcanto@uol.com.br 

ou por mensagem pelo Facebook: https://www.facebook.com/paginadramirhyamcondecanto

21 de jun de 2012

Do-in ou acupuntura auxiliando o emagrecimento

Entenda a acupuntura e aprenda a estimular alguns pontos que ajudam no emagrecimento.


A acupuntura é um tipo de tratamento da Medicina Tradicional Chinesa (MTC).
Sua ação é através de estímulos dos pontos de energia dos meridianos.
Existem várias maneiras de estimular os pontos, através de:

1- Agulha, Stipers, sementes
2- Temperatura - Moxa, infravermelho
3- Sucção - ventosa
4- Pressão - Shiatsu, do-in (automassagem)
5- Ultra-som
6- Estimulação cutânea (alho, gengibre)
7- Raio luminoso - raio laser, cromoterapia
8- Eletricidade - Eletroacupuntura
9- Campo de energia - Reiki, Radiônica

Suas origens remontam à antigüidade, sendo encontrados escritos chineses de mais de 3000 anos, onde eram referidas curas de moléstias crônicas em soldados que haviam sido feridos por flechas.
Há mais de 2500 anos o livro clássico da MTC (Medicina Tradicional Chinesa) Huang Di Nei Jing já discutia um sistema completo de Medicina incluindo anatomia, fisiologia, etiologia, patologia, diagnósticos, acupuntura, massagem, Qi Gong, fitoterapia e muito mais...
Para os antigos mestres chineses as forças vitais do corpo (ki) circulam pelos canais energéticos (também chamados de Meridianos).
Todo e qualquer obstáculo ao fluxo resulta em doença.
As agulhas servem para desobstruir o fluxo (caminho) do Ki (energia).
Simbólica, a cultura oriental, afirma que os movimentos do Tao são uma contínua interação entre os opostos.
Tudo o que existe apresenta uma polaridade.
Nada é só YIN ou só YANG. Nada é só positivo ou negativo.
As forças antagônicas são complementares e necessárias.
Desta forma, o funcionamento do indivíduo, como do Universo, depende do movimento equilibrado e da harmonia entre as polaridades.
O processo de vida é visto como algo dinâmico, não possuindo condições estáticas, estando em constante movimento e evolução.

No Su Wen, livro básico da Medicina Chinesa, destaca-se diagramas cuja tradução é a seguinte:

"O céu é o acúmulo de YANG, a terra é o acúmulo de YIN.
O fogo é YANG, a água é YIN.
YANG é a agitação, YIN é a serenidade.
O céu e o Sol são YANG, a terra e a Lua são YIN.
Dentro do YANG existe o YIN, dentro do YIN existe o YANG."


O predomínio da energia YANG está: no dia, na primavera e no verão, no masculino, no calor, na luz, na extroversão, no movimento, na força, no exterior, no tônico.

O predomínio da energia YIN está: na noite, no outono e inverno, no feminino, no frio, no escuro, na introversão, na quietude, na fraqueza, no interior, no flácido.

As mulheres são essencialmente YIN, mas todas trazem em si um lado masculino, que é YANG, umas mais e outras menos.
Não há conflito ou disputa entre preto e branco, feminino e masculino, mas sim a complementação de um pelo outro.
Isso mostra que um só faz sentido ao lado do outro, um só existe porque o outro também existe.
Todos nós temos nosso lado YIN e nosso lado YANG; como não há noite sem dia, ódio sem amor e homem sem mulher.
Em nossos corpos e temperamentos espelham-se os nossos predomínios YIN e YANG, que podem variar durante a vida.
No atendimento, normalmente, escolhemos de um a dez pontos.
De acordo com esses princípios, as aplicações proporcionam o re-equilíbrio energético do organismo, melhorando as funções dos meridianos e órgãos correspondentes.
Das dez agulhas, utiliza-se geralmente 3 para harmonizar o aspecto emocional do paciente.
Pois muito dos problemas físicos tem início ou são desencadeados por desarmonias emocionais.
O efeito da acupuntura se divide em imediato (elimina a dor) e prolongado (desinflama, harmoniza o emocional, recupera o equilíbrio energético).
A freqüência dos atendimentos, segundo a MTC, é de uma sessão semanal, em geral, num total de dez atendimentos, tempo necessário para a harmonização e fortalecimento da energia vital do indivíduo.
A duração do tratamento dependerá do tipo de patologia e tempo de instalação da doença.
Doenças crônicas têm o tratamento mais prolongado e as doenças degenerativas, como por exemplo, a artrose, não terão o quadro revertido, mas os pacientes ganharão muito com o alívio das dores e na melhora da qualidade de vida.
Em casos mais agudos, como, por exemplo, dores musculares, pode-se fazer de dois a três atendimentos por semana, na fase inicial do tratamento, após esse período as aplicações podem, então, espaçar-se.
O atendimento é realizado com agulhas aplicadas nos pontos escolhidos (agulhas descartáveis e de uso único) e o paciente repousa por cerca de 30 minutos, ao som de música relaxante e com foco de luz colorida (cromoterapia) de acordo com a sua necessidade.
Para complementar o tratamento pode ser indicada outras técnicas, como auriculoterapia ou moxabustão.

Dicas de Inverno

Dicas de atitudes e alimentos para curtir a estação mais fria do ano.

Não tem como negar, no inverno dá uma preguiça de sair da cama, de enfrentar o "mundo lá fora"... a gente quer ficar em casa, comer coisinhas gostosas e quentinhas e curtir o silêncio...
Pois saiba que, segundo as tradições orientais, o inverno é o momento de contato com as nossas profundezas, com a nossa alma, é hora de observarmos e aprendermos com os valores espirituais.
O inverno é a fase do armazenamento, do desenvolvimento interno, da introspecção, do silêncio, da escuta...
Por isso, no inverno, a regra é:
Seguir o movimento de introspecção.
Deixar o nosso mundo interior se desenvolver e as atitudes externas se manifestarão na medida do necessário para a preservação das nossas conquistas.
O silêncio é bem-vindo e deve ser observado.
Fique mais consigo mesmo, ouça mais a batida do próprio coração.
É o momento de deixar o corpo mais quieto.
Dormir mais cedo e acordar mais tarde.
É tempo do repouso para que o corpo renasça vigoroso na próxima primavera.
Ficar mais em casa, arrumar as gavetas, colocar ordem em seus guardados, na própria vida, nos sentimentos, nas lembranças...

O que comer no inverno?

Proteínas animais: carnes, aves, peixes, frutos do mar, cordeiro e porco.
Hortaliças: só aquecidas ou em sopa, com a adição de temperos de natureza morna ou quente.
Cereais e leguminosas: arroz (branco ou integral), milho, massa (farinha branca ou integral) e feijões.
Raízes e tubérculos: aipim, inhame, batatas, cenoura e beterraba cozidas.
Chás: lótus, artemísia, dente de leão, café, ginseng, cravo, canela, capim-limão e erva-doce.
Temperos: mornos e quentes devem estar presentes diariamente para ajudar a circular a energia. Pimentas de todos os tipos, alho, alho-poró, cebola, noz-moscada, gengibre, coentro, salsa, cebolinha e curry devem ser mais usados no preparo das carnes, das sopas e dos cozidos.
Evitar: ingerir alimentos com muita água e de temperatura fria. Semente de gergelim preto, mostarda e papoula.

Energização

Saiba como harmonizar a sua casa e se livrar das energias negativas


Quem é que nunca entrou numa casa, num cômodo ou num comércio e sentiu como se o "ar" estivesse pesado?
Isso tem uma explicação: energia!
Isso mesmo, quando a energia não circula pelo ambiente de forma suave e equilibrada, alguns sintomas são sentidos pelos moradores ou visitantes da casa.
Mas quando os moradores não possuem atitudes e pensamentos tranquilos e harmoniosos, essas ocorrências desgastam a energia e essas situações ficam energeticamente "grudadas como fotografias" nas paredes da casa, enviando sempre uma energia ruim aos habitantes do lugar e tornando os ambientes carregados.

A falta de energia ou a influência de energia nociva pode ser manifestada no corpo de várias formas:

-Memória falha (dá "branco"), cansaço físico, o sono não-reparador, ocorrência de doenças degenerativas e psicossomáticas.
-O talento individual não aparece, acontece a apatia ou o medo constante, aumenta a competitividade, a desconfiança, o individualismo e a agressividade.
-A prosperidade não acontece e a vida fica sem brilho e sem graça.

A seguir estão descritas algumas dicas de atitudes para melhorar a energia individual e a da casa através da mudança comportamental dos moradores:

-Brigas, discussões, choques emocionais, raiva intensa esgotam as energias, assim como ressentimentos e mágoas mantidos por vários anos seguidos.
-Medo e culpa também gastam energia e a ansiedade descompassa a vida.
-Tudo isso impede a alegria e felicidade de entrar em sua vida.
-A melhor limpeza é a mental, através do perdão sincero, que solta ressentimentos, mágoas e culpas. Isso nos deixa livre para podermos olhar para frente.
-Relacionamento amoroso que acabou: pode ter sido lindo, maravilhoso, mas acabou.

Deixe um novo amor entrar em seu coração.
Para que isso aconteça, é necessário limpar suas emoções e também retirar objetos de decoração que tragam lembranças da pessoa.
Com certeza, sua casa e, consequentemente, você ficará mais leve e solta.

-Vivendo do passado: algumas pessoas guardam com carinho os bons momentos familiares, profissionais e amorosos.
Não há nada de errado em manter essas lembranças, no entanto, é preciso ter cuidado com o exagero.
O saudosista fica vivendo na lembrança daquilo que foi bom e deixa que o tempo presente passe sem ter feito nada.
Os bons momentos devem ser preservados, mas elimine o excesso para permitir que o momento presente também tenha chance de ser bom.

-Sendo o que não é: gastamos muita energia e estamos sempre desconfiados quando mentimos...
Somos educados para desempenhar vários papéis, usamos várias máscaras, mas somente quando somos verdadeiros, nos aceitando e nos respeitando como somos a vida passa a fluir e as realizações acontecem de maneira natural.

-Preocupação excessiva com o outro: vivemos em sociedade, mas é preciso saber os nossos limites e assumir nossa individualidade.
Esse equilíbrio nos resguarda energeticamente e nos recarrega.
Quem se preocupa demais com o outro, sofrendo seus problemas e interferindo em sua vida acaba não tendo energia para construir sua própria.
Além do desgaste, a recompensa será frustrante, por ver, talvez tarde demais, que a vida passou e não viveu.

- Bugigangas e bagunça:
Tudo deve ter uma utilidade, caso contrário será acúmulo inútil de energia.
Jogue fora tudo que não presta.
Faça uma limpeza geral.
Organize a bagunça.
Ponha ordem na casa e na sua vida.
A bagunça é inimiga da prosperidade.
Livre-se dela e tudo parecerá e será mais fácil!
É incrível como eliminar a bagunça e o excesso abre espaço na sua vida para chegar o novo.

Deixe a natureza invadir a casa

Luz natural e circulação de ar: faça-os chegar a todos os cômodos.
Plantas: os vegetais são nossos aliados e atuam com eficiência na elevação do psiquismo.
Coloque músicas alegres, cante, dance e deixe que os sentimentos positivos, como a amizade, o amor, a confiança, o desprendimento, a solidariedade, a autoestima, a alegria e o bom-humor recarreguem as suas energias e do lugar onde vive.

a massagem e a depressão

Um dos mais conhecidos benefícios da massagem é a sua capacidade para proporcionar ou melhorar a sensação de bem-estar, e estudos apresentam como promessa, uma possível ajuda para todos aqueles com depressão diagnosticada.

A depressão é uma condição que afeta milhões de americanos.
Existem muitas diferentes causas e graus de complexidade, tornando-se um desafio díficil para se conseguir tratar com eficácia.
Alguns fatores que poderão despoletar a depressão podem ser acontecimentos traumáticos que tenham acontecido tanto recentemente como no passado, ocultos distúrbios neuronais, alterações sazonais, e problemas físicos.
Na verdade, aqueles que foram diagnosticados com depressão também têm uma maior incidência de problemas de saúde.
Por outro lado, a massagem poderá também aliviar dor crônica, proporcionando assim um estado emocional mais salutar.

Embora as causas profundas não sejam ainda totalmente compreendidos, um fato fisiológico da depressão diz respeito a um baixo nível de um neurotransmissor, a serotonina.
A serotonina é responsável pela transmissão de mensagens dos nervos e contribui sobremaneira para uma sensação de bem-estar.
Baixos níveis de serotonina podem causar dificuldades em lidar com emoções intensas da maneira mais adequada, levando algumas pessoas a agir impulsivamente, ou a comportar-se de forma mais agressiva, agir de forma auto-destrutiva, e ainda torna a lucidez mais obscura no exercer da nossa percepção acerca da realidade.

Tem sido demonstrado que a massagem eleva os níveis de serotonina, que acaba por ser um elemento extremamente importante na luta contra a depressão.

Pesquisas sobre o efeito do stress na depressão mostrou existir uma correlação entre os níveis elevados de cortisol e a redução dos níveis de serotonina.
O cortisol é uma hormona que é libertada durante uma situação em que o interveniente se sente ameaçado (necessidade de rápida tomada de decisão entre lutar ou fugir), e é um dos químicos responsáveis pela poderosa explosão de energia que se consegue sentir aquando de uma situação de crise.
Prolongados períodos de stress aumentam os níveis de cortisol no organismo.
O cortisol é também responsável pela redução da quantidade de serotonina encontrada dentro do sistema nervoso, afectando assim negativamente a sua capacidade de agir eficazmente.
A massagem solta a tensão e promove relaxamento, o que leva a uma imediata e significativa diminuição do cortisol, às vezes em mais de 40%.

Os benefícios fisiológicos positivos da massagem fazem com que seja efetivamente um bom complemento à psicoterapia, e à prescrição de antidepressivos.

Uma vez que os sintomas depressivos podem ser tão variados e complexos como a personalidade de cada paciente, o tratamento é muitas vezes um caminho de tentativa e erro e não há garantias de que um paciente irá reagir positivamente à terapia antidepressiva.
Embora seja eficaz para muitos, há ainda uma grande percentagem de doentes que ainda não encontraram forma para aliviar seus sintomas depressivos.
Uma das possíveis causas poderá ser a incapacidade da medicação alterar a química do cérebro, em dado paciente.
Outro motivo comum é a enorme quantidade de efeitos colaterais desagradáveis, como boca seca, visão turva, sedação, obstipação, náuseas, dor de cabeça, causando desconforto e levando os pacientes a abandonar completamente a terapia antidepressiva.

Para aqueles que não reagiram bem à medicação de antidepressivos, existem alternativas terapêuticas que têm demonstrado resultados positivos no tratamento de depressão de grau leve a moderada.
Estes tratamentos incluem acupuntura, aromaterapia, terapia expressiva e terapia do toque ou massagem.

Um estudo recente do Touch Research Institute com Duke University mostrou que a massagem é eficaz para reduzir cortisol níveis elevando ao mesmo tempo os níveis de serotonina, durante e depois de uma sessão de massagem.

A massagem também ajuda na redução da dor e melhora a sensação de bem-estar.
Isto reflete-se pelo aumento acentuado de níveis de serotonina e dopamina encontrados nos participantes do estudo.
Os níveis de serotonina foram substancialmente aumentados, em 38%, o que efetivamente contraria os efeitos negativos do cortisol.

Além disso, as sessões de massagem tinham uma duração média de 15 a 30 minutos, e foram realizadas com alguma frequência (2 a 3 vezes por semana) ao longo de várias semanas. 

Estes fatos sugerem que a massagem como terapia pode ter sucesso no tratamento de baixos níveis de serotonina tal qual o mesmo objetivo que a prescrição de antidepressivos tem, e muitas vezes tendo um efeito ainda mais imediato.



Referências:

Field, T., Morrow, C., Valdeon, C., Larson, S., Kuhn, C., & Schanberg, S.(1992). Massage reduces depression and anxiety in child and adolescent psychiatric patients. Journal of the American Academy of Child & Adolescent Psychiatry, 31, 125-131.

Field, T., Grizzle, N., Scafidi, F., & Schanberg, S. (1996). Massage and relaxation therapies’ effects on depressed adolescent mothers. Adolescence, 31, 903-911.

Field, T., Hernandez-Reif, M., Diego, M., Schanberg, S., & Kuhn, C. (2005) Cortisol decreases and serotonin and dopamine increase following massage therapy. International Journal of Neuroscience, 115, 1397-1413.



fonte: http://www.joylifetherapeutics.com/massage/massage-therapy-and-depression/



copiado de http://www.mm-massagem.com/estudossobremassagem.html

Pneumonia e Acupuntura



A pneumonia é uma infecção pulmonar caracterizada pela presença de tosse, dor torácica, febre, falta de ar, má disposição, prostração, secreção de muco, entre outros. Neste artigo irei aconselhar um conjunto de 4 pontos que podem ser usados para aliviar alguns destes sintomas.
O leitor não deve esquecer que este conselho não anula a necessidade de acompanhamento médico ou de uma análise mais especifica do problema por um especialista de MTC.
Existem 4 pontos que podem ser usados para aliviar os sintomas decorrentes deste tipo de queixa, sendo eles: VG14, B13, IG4 e P5.

O ponto VG14 é usado para aliviar sintomas pulmonares e para aliviar sintomas de calor como febre.
O ponto B13 encontra-se 1,5 cun lateralmente ao bordo inferior da apófise espinhosa da 3ª vértebra dorsal.
Este é conhecido como ponto de assentimento do Pulmão e é usado em qualquer tipo de patologia ou queixa que afecte este órgão.
O ponto IG4 encontra-se na mão, mais particularmente, no bordo radial do 2º metacarpo, a meia distância entre os seus extremos.
Finalmente temos o ponto P5 localizado na prega de flexão do cotovelo no bordo radial (externo) do tendão bicipital.
Este ponto será bom para aliviar sintomas como dor torácica, secreção de muco ou falta de ar.

copiado de http://acupuntura.blogas-pt.com

Aromaterapia - terapia sutil e muito eficaz

Viver em harmonia parece um grande desafio.
Mas uma forma de terapia, às vezes ainda desconhecida em alguns meios, é uma grande aliada na busca pelo bem-estar: a Aromaterapia ou terapia dos aromas.
Trata-se de um processo terapêutico milenar que utiliza a suave energia perfumada dos óleos essenciais para tratar, curar e estimular não só o corpo, mas também o espírito.
É simples e eficiente.
O perfume exalado pelo mundo das plantas (raiz, caule, semente, flor ou fruto) é chamado de óleo aromático ou óleo essencial, e sua extração é feita por diferentes métodos de destilação.
Os óleos essenciais possuem ações terapêuticas comprovadas cientificamente - aliás, é importante observarmos a total diferença entre os óleos essenciais puros e as essências sintéticas, que são desenvolvidas em laboratório e não possuem efeito terapêutico.
O olfato é o único dos cinco sentidos ligado diretamente ao cérebro e o sistema límbico, que é o centro das emoções como amor, ódio, paixão, medo, alegria, tristeza, ansiedade, depressão etc.
O sistema límbico é responsável também por importantes funções ligadas à memória, aos níveis hormonais, ao controle da pressão arterial etc.
Quando inalados, os óleos essenciais, com suas flagrâncias e estruturas moleculares próprias, agem profundamente, ativando diretamente o hipotálamo e o sistema límbico. E exercem uma profunda reação no corpo e na mente.
Atualmente, existem diversos estudos científicos voltados à Aromaterapia , realizados ao redor do mundo.
Os resultados desses estudos comprovam a ação dos óleos essenciais.
Como exemplos de aromas que contribuem para o bem-estar, podemos citar:

o do óleo essencial da mentha piperita, que auxilia na perda de peso,
e o do óleo essencial de gerânio, que, por conter estrógeno vegetal, é indicado para amenizar os efeitos da TPM e da menopausa, sendo o aroma ideal da mulher - oferece frescor, sensualidade e a sensação de um abraço envolvente.

Qual ser humano não deseja viver de forma saudável, feliz e inspiradora?
E sem saúde não estaremos felizes nem inspirados.
O equilíbrio ideal da saúde é atingido pela circulação e absorção dos nutrientes e pela eliminação das toxinas.
Uma alimentação balanceada, natural e funcional proporciona o equilíbrio nutricional.
Já a eliminação das toxinas pode ser estimulada com exercícios físicos, banhos e massagens.
Quando utilizamos a Aromaterapia com substâncias cem por cento naturais, podemos potencializar esse equilíbrio.

Por Andréa Estrella

copiado de:  http://webfashion.uol.com.br

A Aromaterapia nasceu com o químico Gattefosse e consiste em tratar as doenças com a ajuda de óleos extremamente concentrados extraídos dos vegetais.
Esses extractos chamados essências ou óleos essenciais contêm as substâncias que dão perfume às plantas e, por isso, seu odor é a característica principal.
Os usos dos óleos essenciais são múltiplos, mas eles são mais utilizados na unção da pele (massagem), podendo também ser inalados ou colocados na água de banho ou em compressas.
Raramente são ingeridos.
Certamente são mais eficazes quando inalados, pois através do olfato provocam uma ação imediata no cérebro, no sistema nervoso central, na memória e na psique pois induzem a liberação de substâncias neuroquímicas, que podem ser sedativas, estimulantes ou relaxantes.
Não se deve pensar que a Aromaterapia não apresenta contra-indicações.
Devem ser utilizados com precaução, pois podem causar irritação e alergia na pele.

copiado de Medicinas Complementares e Tradicionais

Automassagem: energia vital fluindo livremente por todo o seu corpo físico!


Você sabia que as tensões musculares interrompem o fluxo de Ki – energia vital – no corpo, podendo gerar todo tipo de dores, além de prejudicar o livre fluxo de sangue e o perfeito funcionamento do metabolismo?
A consequência das tensões acumuladas no corpo é uma sensação de cansaço, metabolismo lento e posterior envelhecimento precoce das células.
Massagear o próprio corpo é uma ótima saída para manter a energia e o sangue circulando livremente, acabar com dores musculares e articulares, aliviar a tensão física e emocional.
Apenas alguns minutos diários dedicados a automassagem pode fazer uma enorme diferença no seu bem-estar, na qualidade do seu sono e ainda prevenir o stress.
Boa sorte!

Texto copiado de Tania Resende

Automassagem: um presente de você para você mesmo!

Pressionar a cabeça
Coloque a base da mão direita em sua cabeça, no ponto médio entre as orelhas. Aplique pressão moderada e pressione a região lentamente com 10 movimentos circulares no sentido horário, e depois 10 no sentido anti-horário.
Benefícios: ativa a memória e previne a pressão alta.

Pressionar as têmporas
Posicione os polegares em suas têmporas, na distância da largura de um polegar em relação ao canto dos olhos e ao nível da extremidade superior da orelha. Posicione ambos os pontos lentamente, em sentido horário. Repita 30 vezes.
Benefícios: previne dores de cabeça, insônia e problemas oculares.

Massagear a cabeça
Curve seus dedos naturalmente. Com a ponta dos dedos, aplique pressão moderada e penteie sua cabeça desde a linha frontal do cabelo até o pescoço. Repita 20 vezes.
Benefícios: ativa a memória e previne a neurose.

Deslizar sobre as sobrancelhas
Coloque a ponta dos dedos médios nas extremidades internas das sobrancelhas. Com leve pressão, deslize os ao longo das sobrancelhas em direção às suas extremidades externas.
Repita 10 vezes.
Benefícios: relaxa os olhos e previne doenças oculares e dores de cabeça.
Girar os olhos
Feche os olhos e lentamente gire os globos oculares em sentido horário três vezes e depois anti-horário mais três vezes.
Repita três vezes, abra os olhos e olhe para frente para finalizar a sequência. Repita a série três vezes.
Benefícios: relaxa os olhos e os mantém em boas condições.

Alisar o rosto
Friccione as mãos até aquecê-las. Coloque a palma da mãos nas laterais do nariz. Deslize as por sobre bochechas em direção às orelhas com um movimento homogêneo, alisando o rosto. Massageie seu rosto dessa forma 10 vezes.
Benefícios: aumenta a circulação no rosto, melhora a elasticidade da pele e previne rugas.

Alongar o nariz
Coloque os dedos indicadores em cada lado cavalete do nariz. Puxe para baixo as laterais do nariz em direção às narinas. Aplique pressão numa velocidade moderada e repita o movimento 20 vezes.
Benefícios: previne problemas respiratórios.

Pinçar as orelhas
Retire seus brincos antes de iniciar esta massagem. Com os polegares e indicadores, pince suas orelhas com pressão moderada. Comece na ponta das orelhas e trabalhe em direção aos lóbulos. Repita 10 vezes.
Benefícios: mantém o corpo em boa saúde e previne a pressão alta.

Pressionar as orelhas
Coloque a palma das mãos sobre as orelhas com os dedos apontados para a parte posterior da cabeça. Pressione firmemente as mãos e remova as rapidamente. Ao removê-las, talvez você ouça um som como o toque de um tambor. Repita 10 vezes.
Benefícios: melhora sua audição e previne doenças do ouvido e o zumbido.

Friccionar o pescoço e os ombros
Coloque as palmas de sua mão na nuca, nos dois lados da cabeça. Com as palmas, friccione para frente e para trás, por 30 vezes. A ação de friccionar pode aquecer seu pescoço.
Realize amassamentos nos ombros
Benefícios: previne resfriados, alivia tensões musculares.

Amassar o esterno
Coloque a base da sua mão direita sobre o esterno, no ponto médio entre os mamilos. Aplique pressão moderada e amasse a área com 40 círculos horários e anti-horários alternadamente.
Benefícios: energiza o coração, o fígado e o baço.
Obs.: esta manobra não deve ser feita em caso de gravidez.

Circular ao redor do umbigo
Antes de iniciar, esfregue as mãos de forma relaxada para aquecê-las. Coloque a palma direita sobre o abdômen e esfregue fazendo um círculo no sentido horário ao redor do umbigo. Repita 20 vezes, aplicando um pouco mais de pressão cada vez.
Benefícios: restabelece a energia vital que circula no sangue, melhorar a digestão.
Obs.: esta manobra não deve ser feita em caso de gravidez.

Amassar o abdômen inferior
Amasse o ponto localizado à 7 cm abaixo do umbigo na linha média do ventre, com o polegar direito, aplicando um pouco mais de pressão. Repita de 50 a 100 vezes, alternando entre amassamento sentido horário e anti-horário.
Benefícios: eleva a energia geral do corpo, auxilia a combater a fraqueza após uma doença, facilita a digestão e previne problemas menstruais em mulheres.

Friccionar a região lombar
Esfregue as mãos, Quando estiverem aquecidas, coloque as em sua região lombar distanciadas 4 cm de cada lado da coluna ao nível do umbigo. Esfregue a região de 50 a 100 vezes para cima e para baixo com razoável vigor.
Benefícios: mantém o funcionamento saudável dos rins e gera mais energia ao corpo, previne insônia, dores lombares e doenças do sistema urogenital.

Friccionar a região lombar inferior
Aqueça suas mãos esfregando-as uma na outra. Depois coloque as a 10 cm da coluna bilateralmente ao nível da Quarta vértebra lombar. Friccione a região com vigor para cima e para baixo com a palma das mãos. Repita de 50 a 100 vezes.
Benefícios: alivia dores lombares e previne doença renal, insônia e doenças do sistema urogenital.

Friccione as mãos
Junte as mãos com as pontas dos dedos para cima. Mantendo os ombros relaxado, friccione as mãos rapidamente 30 vezes.
Benefícios: promove a flexibilidade dos dedos e beneficia o cérebro e o coração.

Friccionar os braços
Estenda esquerdo à sua frente, com a palma da mão voltada para cima. Com a mão direita, esfregue seu braço esquerdo desde o punho até logo acima do ombro com um único movimento suave para cima.
Vire o braço de modo que a palma da mão fique voltada para baixo. Friccione o braço na direção descendente para completar uma sequência. Repita 20 vezes no braço esquerdo e 20 vezes no braço direito.
Benefícios: auxilia a boa circulação de sangue nos braços, alivia dor nos braços e previne distúrbios digestivos.

Friccionar as pernas
Sente se no chão com as pernas estendidas à sua frente. Segure sua coxa esquerda com as duas mãos e deslize as ao longo da perna em direção ao tornozelo com alguma pressão.
Deslize agora para cima para completar uma sequência. Repita. Massageie a perna direita 20 vezes da forma.
Benefícios: relaxa os músculos da perna, auxilia a boa circulação de sangue nas pernas, fortalece e melhora a mobilidade.

Amassar os joelhos
Sente se no chão com as pernas estendidas à sua frente. Encontre as duas covinhas de cada joelho logo abaixo da rótula. Amasse os em ambos os joelhos com movimentos firmes e circulares. Repita 30 vezes.
Benefícios: melhora a mobilidade das pernas e previne a artrite.

Friccionar a sola do pé
Sente se no chão com a perna esquerda dobrada à sua frente. Esfregue as mãos até aquecê las. Depois coloque a palma da mão direita na sola do pé esquerdo. Friccione para cima e para baixo sobre a área 30 vezes. Repita a massagem na sola do pé direito.
Realize agora pequenos amassamentos nos pés.
Benefícios: melhora a circulação e previne pressão alta, anemia e insônia, mantém ativo o cérebro e auxilia na saúde dos olhos.