Um pouco sobre mim...

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...

17 de jan de 2012

Atendendo de forma Holística


Quando um cliente nos procura, o que ele quer , em última análise, é  a resolução para a questão que o aflige.
Todo aquele que se propõe a estar ajudando alguém é um agente facilitador , não importando em que área atue, seja na física, psicológica ou espiritual.
Os sintomas geralmente são somatizações do emocional e muitas vezes também têm influência espiritual associada.
Somos um todo: energético, emocional, físico e espiritual, e um aspecto influencia os outros.
Quando o corpo físico acusa os sintomas já enraizados, é necessária a intervenção da medicina para auxiliar no processo de cura fisica.
A visão holística do ser humano abre um leque de possibilidades e investigações que permitem auxiliar na indicação da resolução da queixa do cliente.
Aspectos emocionais e comportamentais desequilibrados geram pensamentos e  padrão vibratório propício para influenciações insalubres.
O desgaste energético gerado pelo stress e outros fatores comuns no dia – a – dia , trazem como sintomatologia a fadiga, desânimo e depressão.
A associação de várias técnicas transforma a anamnese holística em uma potente ferramenta no auxílio.
Observando o cliente por diversos "angulos", conseguimos uma visão geral, que nos indica: o padrão de comportamento inadequado,
a necessidade de transformação interior,
um aumento da auto-estima,
um equilíbrio entre o dever e o lazer (ou prazer),
a necessidade de limpar o coração de velhas mágoas e recheá-lo com novos projetos, sonhos e esperanças,
necessidade de atividade física rotineira

Para isso é  preciso que o cliente assuma sua parcela de participação no processo terapêutico, seja ele qual for.
Se ele (o cliente) não estiver disposto a mexer em suas crenças e atitudes, o resultado do tratamento será provisório.
A maioria dos cliente não quer assumir a responsabilidade, nem admite que foi o causador da situação em que se encontra... por isso a conscientização de que ele é responsável por aquilo que está acontecendo em sua vida, precisa ser feita de forma suave, através de esclarecimentos sobre a metafísica, exemplificando e demonstrando que a paulatina, profunda e muito benéfica.


Nenhum comentário: