18 de mar de 2011

O que é uma constelação?

Etimologicamente sabemos que uma constelação de estrelas fazem parte de uma interação dinâmica e contínua evolução ao formar uma imagem.
Por analogia, os seres humanos são estrelas que fazem parte da constelação familiar e que se afastam dos parentes e se expandem para outros grupos humanos  As constelações são regidas por leis naturais, sociais, familiares e também pela condição espiritual.
O trabalho
das constelações familiares é um método terapêutico que atua no nível fenomenológico e se aplica ao indivíduo ou ao grupo que busca restaurar "a ordem do amor" nos sistemas humanos. 

Quais são as bases das
Constelações Familiares ?
São baseadas na teoria de sistemas. E dentro dela o reconhecimento de que os grupos humanos são regidos por leis e padrões inatos, aos quais se juntam todos aqueles que são construídos na interação cotidiana dentro das famílias; e que
as famílias constroem próprias leis e princípios que regem a interação de núcleos com outras famílias, chegando a fazer as leis sociais que permitem a operação de acordo com as necessidades individuais e de grupo.
Este conjunto de leis naturais, familiares, sociais e espirituais que regem o funcionamento do núcleo humano é o que Bert Hellinger chama de "as ordens do amor". A violação das ordens do amor nas interações humanas é a origem dos conflitos e contradições internas que podem se manifestar como uma patologia individual, familiar, grupo ou social.
Bert Hellinger parte da
idéia de que o indivíduo é parte de um grupo local.  
Assim, para a existência de uma criança é indispensável ter um pai e a existência desses pais, foi fundamental para transformar a existência própria e assim poderíamos voltar no tempo ao início da criação da vida.  
Cada pessoa é o fim de uma pirâmide de muitos seres humanos que foram indispensáveis ​​à sua existência.  
Cada novo link irá enriquecer os sistemas existentes e expandir a história e será responsável, sob a sua concordância com as leis da vida e do seu círculo social, o gradiente de nutrição e saúde das gerações presentes e futuras.
Os sistemas familiares são sistemas abertos que tendem a se auto-regular para assegurar sua sobrevivência, mas que por sua vez, interagem e ligam-se com outros membros da família, chegando a formar clãs, grupos, comunidades, sociedades e nações. Tudo enriquecido por muitas virtudes, e também bloqueios devido aos inúmeros conflitos que tecem ao longo dos anos.
Cada ser humano carrega em si todas as informações sobre as vidas de seus antecessores, tanto a nível físico e psíquico. 

É o que chamamos de patrimônio e é impresso nas profundezas do nosso ser, em  nossos genes e no inconsciente coletivo de nossa família e isso é transmitido de geração em geração.
Assim, alguns herdaram os olhos verdes do avô, as pernas curtas, que
nosso pai também teve e que por sua vez, teve sua própria mãe.  
Outros membros da nossa família nascem com olhos castanhos e pernas curtas evocando outra facção do patrimônio familiar.
Também é herdado: o caráter (bom ou mau), certos gostos, diligência, força , tendências e comprometimento, assim como estados depressivos, neuróticos, psicóticos ou obsessivos que caracterizaram, possivelmente, alguns dos antepassados.
Estamos, então, ligados a características e destino de muitas pessoas com quem estamos de alguma forma diretamente relacionados.  

Você é uma alma que é parte integrante de uma história que é herdada de geração em geração; e que marca cada ser humano de forma particular.  
Nós fazemos parte do campo morfogenético da nossa espécie e, em particular do campo morfogenético da nossa família.  
Existem todas essas informações sobre a nossa história familiar, quer saibamos ou não.
Esta história está impressa em nossas células levando a uma ordem que permite que a vida flua através de nós.  
Esta ordem vai se traduzir em qualidades. Mas nós também herdamos os conflitos não resolvidos que foram gerados dentro de nossas famílias, devido a fatores tais como:

    
* A violência intra e extra-familiar (guerras, assassinatos, suicídios, disputas de poder)
    
* Perda de entes queridos.
    
* Abortos.
    
* Separações traumáticas.
    
* Retiradas.
    
* Acidentes fatais.
    
* A exclusão de membros da família.
    
* Alteração da hierarquia dentro da família.
    
* Segredos de Família, como a existência de relações extraconjugais, filhos não reconhecidos, criminalidade, etc.
Quanto mais desordem, mais conflito, mais dificuldades   muitas vezes
são manifestadas nas pessoas que são confrontadas com doenças crônicas, vícios ou problemas mentais graves, conflitos, mais destruição, mais problemas familiares, sociais, de trabalho, etc 

Em qu
as a terapia de constelações familiares pode ajudar ?
Através deste método, que identifica os pontos de conflito existentes nas relações familiares, no trabalho ou que estão impedindo o fluxo organizado da vida.  

É a partir daí, na medida em que o mesmo sistema permite, que ocorre a restauração da ordem perdida, a desvinculação desses nós para permitir que um novo fluxo aconteça na vida das pessoas envolvidas.
Pretende-se com esse trabalho  que cada indivíduo ocupe o seu lugar nos grupos com os quais interage,  para ajuda-lo a desenvolver seu plano de vida de uma forma mais harmoniosa e sustentável.
A importância das constelações familiares não reside apenas no fato de que se possa ter recursos para curar os aspectos pessoais. A sua verdadeira força se manifesta na alma da família e, muitas vezes depois de uma constelação
começam a ocorrerde mudanças  em famílias ou grupos envolvidos.
Outra grande virtude das constelações familiares é que podemos restaurar uma ordem que vai favorecer as futuras gerações para que a experiência que nos é mostrada (muitas questões mal resolvidas nas famílias), pode acabar afetando na repetição dos padrões em um membro de uma geração posterior, de maneira muitas vezes não identificada, por não haver conhecimento completo com um dos membros envolvidos na situação não resolvida. 


Origem e história das constelações familiares:
Bert Hellinger, criador deste método terapêutico, é psicoterapeuta alemão nascido em 1925, com formação em várias disciplinas, mais notavelmente na psicanálise, psicodrama, gestalt-terapia, terapia do grito primal, hipnose, e especialmente o foco.  

O trabalho técnico e o desenvolvimento da terapia das constelações familiares é uma síntese dessas escolas e nasceu na década de oitenta na Alemanha.
Bert Hellinger fez profundas reflexões sobre as leis da ordem natural que regem a família humana.  

Para ele, todo ser humano é parte integrante do seu sistema familiar e depende dele para sua existência e qualidade de vida.  
Em sua opinião, para o bom fluxo da vida é necessária coerência e harmonia consigo mesmo e com a família e o sistema social em que vive.  
Cada família oferece a seus membros uma informação particular que foi tecida e construída ao longo do tempo, sua própria história particular.
Atualmente as constelações familiares têm sido comentada por todo o mundo pela sua profundidade e capacidade de alcançar de maneira simples e acessível muitas pessoas no processo para encontrar soluções em suas vidas.  

Bert ainda dá palestras e seminários ao redor do mundo e há terapeutas constelações em muitos países.
autora do texto Elizabeth Corredor (Clínica geral especializado em medicina alternativa (Sintergetica) formação abrangente em psicoterapia e constelações familiares)


copiado do site  enbuenasmanos


Tradizido por Mirhyam


No Espaço d'Luz e Paz temos encontros com a facilitadora em Constelações Familiares Ana Chofakian  - entre em contato e saiba mais detalhes pelo telefone:2093-7465

Um comentário:

larissa disse...

Participei da 1ª constelação do Espaço D´Luz e Paz e foi maravilhoso, me emocionei muito, e acredito que ajude muitas pessoas a se resolver, desde que estejam abertos para isso, aproveitem! Estamos aqui para sermos felizes.